Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- Romans
This page in: -- Afrikaans -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bengali -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Hebrew -- Hindi -- Indonesian -- Malayalam -- Polish -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Spanish -- Turkish -- Urdu -- Yiddish

Previous Book -- Next Book

ROMANOS - O Senhor é a nossa Justiça

Estudos na Carta de Paulo aos Romanos

Jump to Chapter: 01 -- 02 -- 03 -- 04 -- 05 -- 06 -- 07 -- 08
Jump to Chapter: 09 -- 10 -- 11 -- 12 -- 13 -- 14 -- 15 -- 16

Abertura: Saudação, Graças a Deus e Ênfase na "Justiça de Deus" como lema de sua epístola (Romanos 1:1-17)

a) Identificação e bênção apostólica (Romanos 1:1-7)
b) O desejo de Paulo de longa data em visitar Roma (Romanos 1:8-15)
c) A Justiça de Deus é estabelecida e percebida em nós através da fé Constante (Romanos 1:16-17)

PARTE 1 - A Justiça de Deus condena todos os pecadores, justifica e santifica todos os crentes em Cristo (Romanos 1:18 - 8:39)
A - O mundo inteiro está sob a influência do Maligno e Deus julgará todos em justiça (Romanos 1:18 - 3:20)
1. A ira de Deus contra as Nações é revelada (Romanos 1:18-32)


2. A Ira de Deus é revelada contra os judeus (Romanos 2:1-3:20)

a) Aquele que julga aos outros condena-se a si mesmo (Romanos 2:1-11)
b) A Lei, ou a Consciência condena o homem (Romanos 2:12-16)
c) O homem é salvo não por conhecimento, mas pelas obras (Romanos 2:17-24)
d) A circuncisão é espiritualmente inútil (Romanos 2:25-29)

e) O privilégio dos Judeus não os salva da Ira (Romanos 3:1-8)

3. Todos os homens são corruptos e culpáveis (Romanos 3:9-20)

B - A nova justificação pela Fé está aberta a todos os homens (Romanos 3:21 - 4:22)
1. A revelação da justiça de Deus na morte expiatória de Cristo (Romanos 3:21-26)

2. Somos justificados pela Fé em Cristo (Romanos 3:27-31)


3. Abraão e Davi como um exemplo de justificação pela Fé (Romanos 4:1-24)

a) A fé de Abraão foi-lhe apontada por Justiça (Romanos 4:1-8)
b) O homem não é justificado pela circuncisão (Romanos 4:9-12)
c) Somos justificados pela Graça e não pela Lei (Romanos 4:13-18)
d) A corajosa Fé de Abraão é exemplo para nós (Romanos 4:19-22)

C - Justificação significa um novo relacionamento com Deus e os homens (Romanos 5:1-21)
1. Paz, esperança e amor habitam nos crentes (Romanos 5:1-5)

2. O Cristo ressurreto nos enche com sua Justiça (Romanos 5:6-11)

3. A Graça de Cristo sobrepujou a morte, pecado e a Lei (Romanos 5:12-21)


D - O Poder de Deus nos livra do Poder do Pecado (Romanos 6:1 - 8:27)
1. O crente se considera morto para o pecado (Romanos 6:1-14)

2. A liberdade da Lei facilita nossa libertação do pecado (Roman 6:15-23)


3. A libertação da Lei nos leva ao serviço de Cristo (Romanos 7:1-6)

4. A Lei desperta o pecador para o pecado (Romanos 7:7-13)

5. O homem sem Cristo sempre cai em pecado (Romanos 7:14-25)


6. Em Cristo, o homem é liberto do pecado, morte e condenação (Romanos 8:1-11)

7. Somos filhos de Deus através da habitação do Espírito Santo em nós (Romanos 8:12-17)

8. Os três gemidos únicos (Romanos 8:18-27)

E - Nossa fé continua para sempre (Romanos 8:28-39)
1. O plano divino de salvação aclama nossa glória futura (Romanos 8:28-30)

2. A Verdade de Cristo garante nossa amizade com Deus apesar de todos os problemas (Romanos 8:31-39)


PARTE 2 - A Justiça de Deus está imóvel, mesmo após o endurecimento dos filhos de Jacó, seus escolhidos (Romanos 9:1-11:36)
1. A ansiedade de Paulo por seu povo perdido (Romanos 9:1-3)

2. Os privilégios especiais do povo escolhido (Romanos 9:4-5)

3. Deus permanece justo mesmo que a maioria de Israel tenha ficado contra Ele (Romanos 9:6-29)

a) As promessas de Deus não dizem respeito à semente natural de Abraão (Romanos 9:6-13)
b) Deus escolhe quem ele terá misericórdia e a quem Ele endurecerá (Romanos 9:14-18)
c) A parábola do oleiro e seus vasos pertence aos Judeus e Cristãos (Romanos 9:19-29)

4. A justiça de Deus só é obtida pela fé e não por tentativas de se cumprir a Lei (Romanos 9:30 - 10:21)

a) Os Judeus rejeitam a justiça de Deus que é obtida pela Fé e continuam com as obras da Lei (Romanos 9:30 - 10:3)
b) O agravamento da ofensa do povo Israelita porque Deus é mais misericordioso com eles do que a qualquer outro povo (Romanos 10:4-8)
c) A absoluta necessidade do testemunho do Evangelho entre os filhos de Jacó (Romanos 10:9-15)
d) Israel é responsável por sua descrença? (Romanos 10:16-21)

5. A esperança dos filho de Jacó (Romanos 11:1-36)

a) Existe um remanescente santo (Romanos 11:1-10)
b) Será que a salvação dos gentios traria ciúmes aos filhos de Jacó? (Romanos 11:11-15)
c) Aviso aos crentes gentios para que não se orgulhem contra os filhos de Jacó (Romanos 11:16-24)
d) O segredo da libertação e salvação dos filho de Jacó nos últimos dias (Romanos 11:25-32)
e) A adoração do Apóstolo (Romanos 11:33-36)

PARTE 3 – A Justiça de Deus se apresenta na vida dos seguidores de Cristo (Romanos 12:1 - 15:13)
1. A santificação de sua vida é alcançada através do pleno comprometimento com Deus (Romanos 12:1-2)

2. Não se orgulhe, mas sirva ao Senhor com o grupo dos crentes com o Dom que lhe foi concedido (Romanos 12:3-8)

3. Devemos aprender o amor fraternal e nos treinarmos nele (Romanos 12:9-16)

4. Ame seus inimigos e seus oponentes (Romanos 12:17-21)


5. Seja obediente às autoridades (Romanos 13:1-6)

6. Um resumo dos mandamentos a respeito dos homens (Romanos 13:7-10)

7. O resultado prático do conhecimento de que Cristo está retornando (Romanos 13:11-14)


8. Os problemas particulares da Igreja de Roma (Romanos 14:1-12)

9. Não incomode seu vizinho por razões sem importância (Romanos 14:13-23)


10. Como aqueles que são fortes na fé devem se comportar diante dos problemas inesperados (Romanos 15:1-5)

11. Cristo venceu todas as diferenças entre os crentes dos judeus e os dos gentios (Romanos 15:6-13)

Suplemento à PARTE 3 – Registros especiais do caráter de Paulo aos líderes da Igreja em Roma (Romanos 15:14 – 16:27)
1. Dignidade de Paulo para escrever esta epístola (Romanos 15:14-16)

2. O segredo do ministério de Paulo (Romanos 15:17-21)

3. A expectativa de Paulo em suas Jornadas (Romanos 15:22-33)


4. A lista de Paulo dos nomes dos santos conhecidos dele na Igreja de Roma (Romanos 16:1-9)

5. A continuação da lista dos santos conhecidos de Paulo na igreja de Roma (Romanos 16:10-16)

6. Aviso contra os enganadores (Romanos 16:17-20)

7. Saudações de Paulo aos irmãos obreiros (Romanos 16:21-24)

8. A doxologia de Paulo, bem como uma conclusão de sua Epístola (Romanos 16:25-27)

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on January 18, 2013, at 08:25 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)