Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":

Home -- Portuguese -- Romans - 067 (Love your Enemies and Opponents)

This page in: -- Afrikaans -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bengali -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Georgian -- Hebrew -- Hindi -- Indonesian -- Malayalam -- Polish -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Spanish? -- Telugu -- Turkish -- Urdu? -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ROMANOS - O Senhor é a nossa Justiça
Estudos na Carta de Paulo aos Romanos

PARTE 3 – A Justiça de Deus se apresenta na vida dos seguidores de Cristo (Romanos 12:1 - 15:13)

4. Ame seus inimigos e seus oponentes (Romanos 12:17-21)


ROMANOS 13:1-6
1 Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus. 2 Por isso quem resiste à potestade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação. 3 Porque os magistrados não são terror para as boas obras, mas para as más. Queres tu, pois, não temer a potestade? Faze o bem, e terás louvor dela. 4 Porque ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador para castigar o que faz o mal. 5 Portanto é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente pelo castigo, mas também pela consciência. 6 Por esta razão também pagais tributos, porque são ministros de Deus, atendendo sempre a isto mesmo.

Muitos sofrem as disputas entre os diferentes partidos, do engano dos ministros, dos governos injustos, e da desordem cega. Não há governo perfeito neste mundo, pois não há pessoa sem pecado neste mundo. Portanto, o urso com o seu governo, como Deus tem com você e sua família.

O apóstolo viu que nenhum governo prevalece sobre seu povo, a menos que tenha sido determinado e capacitado pelo próprio Deus. Portanto, é responsável perante o Juiz eterno. Um povo corrupto, por isso, provavelmente, merecem um governo corrupto.

Se você penetrar profundamente as palavras do apóstolo dos gentios, você vai encontrar expressões estranhas:

a) Todos os governos são determinados por Deus, pois nada acontece sem o seu conhecimento e vontade.

b) Aquele que desobedece seu governo desobedece a Deus.

c) Aquele que se rebela contra a autoridade recebe um justo castigo.

d) O Senhor chamou os ministros e presidentes de ser um motivo de medo para os criminosos e impostores, e usar a espada da justiça com sabedoria e igualdade.

e) Quanto aos que fazem o que é bom, eles não precisam ter medo. Eles precisam de um governo justo, que é chamado como ministro de Deus, para encorajar os justos para continuar os seus serviços construtivos.

O apóstolo Paulo chama o governo de "ministro de Deus" duas vezes. Portanto, se ela estabelece os princípios da verdade e da justiça, Deus vai abençoá-lo e recompensá-lo juntamente com seu povo. Mas se ele torce a verdade, ou receber propinas, então Deus vai castigá-lo. Os funcionários do governo, de acordo com sua chamada, são ministros de Deus, e eles experiência ou a proteção de Deus, ou o seu julgamento.

Jesus tinha resolvido esta questão no que diz respeito à obrigação do homem para com taxas e impostos, quando disse: "Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus" (Mateus 22:21). Por esta declaração, Cristo realizou o homem responsável por fazer fielmente seus deveres para com o governo, sem qualquer atraso, e ao mesmo tempo, limitou a autoridade do governo. Portanto, se alguma autoridade se opõe ao Deus verdadeiro e os seus mandamentos estabelecidos, ou ordens de culto a outro deus que não seja o verdadeiro Deus, o homem deve se opor a tal autoridade, para "devemos obedecer a Deus antes que aos homens" (Atos 5:29), mesmo que tal oposição, por causa de sua fé, resultou em sua expulsão, tortura ou assassinato. As terras em torno do Mediterrâneo são regadas com o sangue dos mártires, que foram guerreiros de oração para os seus governos, mas eles se opuseram seus julgamentos que foram contra o Espírito de Cristo.

A Bíblia Sagrada nos diz que nos últimos dias o anticristo se levanta como uma autoridade sobre os povos do mundo, e os ordena a adorá-lo em vez do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ele também diz que quem reza a Deus será considerado como um opositor de ordens do anticristo, que se opõem a Deus, e terá uma morte dolorosa. No entanto, é melhor para o homem a sofrer por um tempo curto do que perecer para sempre.

Também é nosso dever espiritual para orar para a seleção do nosso governo e sua constituição e para a realização dos seus direitos, para os chefes do governo não pode fazer o que é bom, exceto pela graça de Deus fiel.

ORAÇÃO: Senhor Jesus, que obedeceu a seu Pai, em vez de homens, e, portanto, foram crucificados. Ajude-nos a orar para o bem de nossos governos, e nos dá a coragem de se opor a eles se eles nos forçaram a descrença ou a fazer o que é mau.

PERGUNTA:

  1. Quais são os limites da autoridade de cada governo, e por que devemos obedecer a Deus antes que aos homens?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on February 15, 2012, at 08:57 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)