Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":

Home -- Portuguese -- Romans - 073 (How those who are Strong in Faith ought to Behave)

This page in: -- Afrikaans -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bengali -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Georgian -- Hebrew -- Hindi -- Indonesian -- Malayalam -- Polish -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Spanish? -- Telugu -- Turkish -- Urdu? -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ROMANOS - O Senhor é a nossa Justiça
Estudos na Carta de Paulo aos Romanos

PARTE 3 – A Justiça de Deus se apresenta na vida dos seguidores de Cristo (Romanos 12:1 - 15:13)

10. Como aqueles que são fortes na fé devem se comportar diante dos problemas inesperados (Romanos 15:1-5)


ROMANOS 15:1-5
1 Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos. 2 Portanto cada um de nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação. 3 Porque também Cristo não agradou a si mesmo, mas, como está escrito: Sobre mim caíram as injúrias dos que te injuriavam. 4 Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança. 5 Ora, o Deus de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus.

Paulo sabia que os costumes sobre comida e bebida, que há muito enraizado. Ele enfrentou aqueles que eram fortes e liberados a partir da lei, e considerou-se como um deles. Mas ele logo limitada a sua própria liberdade, dizendo que aqueles que são fortes e devem maduro para suportar as debilidades dos novos convertidos, contanto que eles acreditam em Cristo. Não devemos viver como nos agrada, mas viver para agradar os convertidos, que não estão certas de todas as coisas. Para fazer isso é para seu bem e para a sua edificação, para a edificação dos outros é mais importante do que realizar os nossos próprios prazeres e desejos.

Este princípio quebra o espírito do egoísmo estreito na igreja em todos os lados. Nós não planejamos a nossa vida, nossas obras, e as nossas oportunidades de acordo com nossos sonhos, mas servir a Jesus e aqueles que são fracos na fé, pois o foco de nosso pensamento não é "eu" (ego), mas Jesus e sua igreja. Jesus não viveu para si mesmo, mas ele esvaziou sua glória, e se tornou um homem. Ele suportou as acusações, insultos, e os sofrimentos para salvar o mundo e, finalmente, morreu por todos, desprezado, como se fosse um criminoso, salvar até mesmo os criminosos e edificá-los.

Jesus viveu de acordo com a Bíblia Sagrada, uma vida de humildade, mansidão e paciência extraordinária. Ele tirou os livros da orientação do Antigo Testamento e do poder em seu ministério. Aquele que deseja servir em uma igreja ou entre aqueles que rejeitam a Cristo deve ser profundamente enraizados na palavra de Deus, como ele perderá o poder ea alegria do seu serviço.

Paulo resumiu sua longa pesquisa sobre estes temas na indicação de que Deus é o Deus de paciência e consolação (Rm 15:5). O próprio Criador necessidades paciência de suportar com os egoístas, os seres humanos teimoso. Ele só encontra conforto em seu filho, Jesus, em quem habita o seu prazer. Por esta indicação, Paulo guiado as orações em Roma para o espírito de paciência e consolação que ele poderia dar a igreja a unidade que não vem dos crentes, mas a partir de Cristo, pois só nele os pensamentos da Igreja estão unidos. Não há sucesso ou união na igreja, exceto o que vem diretamente de Cristo. Em seguida, todos participam juntos em louvor, e aprender com certeza que o Todo-Poderoso, o juiz, e Criador do universo é o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.

Foi só Jesus que nos reconciliou com o Santo por seus sofrimentos e morte. Ele comprou para nós, pela sua ressurreição dentre os mortos e sua ascensão ao céu adoção, e um segundo nascimento espiritual para que possamos ter o direito de se alegrar e louvar o Pai de Jesus Cristo como nosso Pai misericordioso. Como Ele e seu filho são uma unidade, espiritual perfeita, para que os membros da igreja deveriam unir-se a Jesus em uma união inseparável.

ORAÇÃO: Ó Pai celestial, nós ampliar você, porque nosso Senhor Jesus revelou a sua paternidade para nós, nos reconciliou com você, e amarrou-nos ao seu Espírito Santo na unidade do seu Amor. Permitam que este amor cumprir uma perfeita união espiritual em nossas igrejas, apesar das diferentes opiniões entre os crentes.

PERGUNTA:

  1. O que Romanos 15:5-6 quer dizer?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on February 15, 2012, at 11:07 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)