Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":

Home -- Portuguese -- Romans - 032 (The Grace of Christ)

This page in: -- Afrikaans -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bengali -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Georgian -- Hebrew -- Hindi -- Indonesian -- Malayalam -- Polish -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Spanish -- Telugu -- Turkish -- Urdu? -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ROMANOS - O Senhor é a nossa Justiça
Estudos na Carta de Paulo aos Romanos

PARTE 1 - A Justiça de Deus condena todos os pecadores, justifica e santifica todos os crentes em Cristo (Romanos 1:18 - 8:39)
C - Justificação significa um novo relacionamento com Deus e os homens (Romanos 5:1-21)

3. A Graça de Cristo sobrepujou a morte, pecado e a Lei (Romanos 5:12-21)


ROMANOS 5:12-14
12 Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram. 13 Porque até à lei estava o pecado no mundo, mas o pecado não é imputado, não havendo lei. 14 No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir.

Paulo esclarece-nos o mistério da morte, mostrando que o nosso pecado é a razão da nossa destruição. Nossos primeiros pais começou sua rebelião contra Deus, e colheram a sentença de morte, atraindo todas as criaturas em sua corrupção, pois somos da mesma raça. Desde aquela época, a morte reina sobre todas as criaturas, mesmo sobre os advogados e os piedosos da antiga aliança, pois o pecado apareceu visivelmente, e a sentença de morte tornou-se legal, desde o aparecimento da lei.

Todos nós morremos, porque somos pecadores. Nosso mundo humano não tem a vida eterna. Nós agir de forma gradual até a morte, porque carregam as sementes da morte em nós. No entanto, Deus nos dá tempo para se arrepender para que possamos aceitar o Salvador, e ser apresentado à nova vida através da nossa fé cristã.

ROMANOS 5:15-17
15 Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa. Porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça, que é de um só homem, Jesus Cristo, abundou sobre muitos. 16 E não foi assim o dom como a ofensa, por um só que pecou. Porque o juízo veio de uma só ofensa, na verdade, para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação. 17 Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.

Paulo explica-nos o mistério do pecado e da morte pelo primeiro Adão, e da justiça e da vida pelo segundo Adão, a quem ele chama de nosso primeiro pai: "um padrão de Cristo, que estava por vir".

Paulo não disse que como o pecado e a morte se espalharam para muitos através de Adão, de modo a graça de Deus e do dom da vida eterna se espalhou para muitos através do homem Jesus, pois Cristo é maior do que Adão, e diferente dele. Nosso Senhor nos dá, não só um pouco, mas uma abundância de graça celestial e presentes. Sua graça é abundante em muitas. Não é mortal e paralítico como a morte, mas produz um reviveu, vida frutífera em crescimento, e forte.

A sentença de Deus contra o pecado começou com o primeiro homem, e automaticamente repassados condenação a todos. Não é o mesmo com justificação, que não começou com um pecador, mas com todos os pecadores, pois Jesus justificá-los todos de uma vez. Aquele que nele crê é justificado.

Quando a morte, por causa do pecado de nossos primeiros pais, tornou-se um rei mortal sobre toda a humanidade, Jesus abriu, com sua grande graça, uma mola de alívio e bem, da qual flui a vida eterna a todos os crentes. No entanto, a vida de Deus não reinou à força sobre os corações dos crentes, como a morte sim, mas aqueles que são purificados reinarão para sempre com Cristo, seu Salvador e Senhor. Na verdade, a grandeza de Cristo não pode ser comparado com Adam em todos os aspectos, pela graça de Deus e da vida são muito diferentes de morte e condenação.

ROMANOS 5:18-21
18 Portanto, assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação e vida. 19Porque, assim como pela desobediência de um só homem muitos foram constituídos pecadores, assim também pela obediência de um muitos serão constituídos justos. 20Sobreveio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça; 21para que, assim como o pecado veio a reinar na morte, assim também viesse a reinar a graça pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor.

Paulo retorna para sua comparação legal entre Adão e Cristo. Nesta passagem, porém, ele não se compara as pessoas em primeiro lugar, mas suas obras e seus efeitos. Através de uma condenação ofensa reinava sobre todos os homens, mas através de um ato de justiça justificação e da verdade na vida eterna foram oferecidos a todos os homens. Como é grande oferta de Deus! Sim, pela desobediência do primeiro homem, todos nós fomos feitos prisioneiros do pecado, mas pela obediência em primeiro lugar, fomos liberados e feitos justos.

Finalmente, em sua comparação entre Adão com seu pecado, e Cristo com a sua justiça, Paulo entra o problema da lei. A lei não foi considerado útil para a salvação do mundo, porque entrou na história da salvação para mostrar transgressão, evidentemente, e provocar o homem a completar a sua obediência. A lei aumentou a dureza de coração do homem e a multidão de seus pecados. No entanto, Cristo trouxe-nos mais perto da fonte de toda graça, e ele nos oferece a plenitude do poder e da justiça contínua que os rios da graça podem fluir para todos os desertos do mundo. Paulo se regozija e grita alegremente: "Se o pecado, pela morte, freou sobre todos os homens no passado, o domínio do mal está terminado, porque a graça é coroada rainha sobre a nossa idade, sendo fundada sobre a justiça de Deus que é confirmado pela a cruz de Jesus".

Todo homem tem uma razão para gratidão, alívio, e louvor, para a morte e ressurreição de Cristo abriu um novo período histórico para nós, em que o poder do pecado e da morte é superada. Vemos a evolução da graça através de seus frutos e vida eterna, e a plenitude do poder de Deus opera por meio do evangelho em todos aqueles que crêem em Cristo.

ORAÇÃO: Nós te adoramos Senhor Jesus, para você é o Victor sobre o pecado, morte e Satanás. Você levou-nos à idade da graça, e nos fez parceiros nas coisas agradáveis ​​de sua vida. Fortalecer a nossa fé, e iluminar o nosso entendimento que não pode voltar-se para os poderes do passado que são superados. Estabelecer-nos em vossa graça, e dão à luz em nós todos os frutos do seu Espírito, como uma prova de que a vossa graça reina na verdade, e que é mais forte que a morte. Obrigado porque você nos abençoou com a sua plenitude, e você manter-nos com a sua fidelidade poderoso.

PERGUNTA:

  1. O que Paulo quer mostrar-nos através de sua comparação entre Adão e Jesus?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on February 15, 2012, at 08:04 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)