Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":

Home -- Portuguese -- Romans - 040 (In Christ, Man is Delivered)

This page in: -- Afrikaans -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bengali -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Georgian -- Hebrew -- Hindi -- Indonesian -- Malayalam -- Polish -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Spanish? -- Telugu -- Turkish -- Urdu? -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ROMANOS - O Senhor é a nossa Justiça
Estudos na Carta de Paulo aos Romanos

PARTE 1 - A Justiça de Deus condena todos os pecadores, justifica e santifica todos os crentes em Cristo (Romanos 1:18 - 8:39)
D - O Poder de Deus nos livra do Poder do Pecado (Romanos 6:1 - 8:27)

6. Em Cristo, o homem é liberto do pecado, morte e condenação (Romanos 8:1-11)


ROMANOS 8:1
1 Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.

Nos capítulos 5-7, o apóstolo Paulo confirma-nos a nossa incapacidade de nos salvar de nossa natureza maligna por nosso próprio poder. Ele esclarece-nos que a Lei não nos ajuda, mas excita em nós o desejo de pecado, e condena-nos no final. O espírito de morte reina em nossos ossos, e o pecado predomina sobre a nossa boa vontade. Por essas provas, o apóstolo homem despojado de todas as habilidades para salvar a si mesmo através de seu próprio poder, e destruiu sua falsa esperança de uma vida pura, na posição vertical por força humana, ou meio moral.

Após esta prova incontestável, o apóstolo nos mostra a única forma de vida com Deus, através do que ele se refere no capítulo 8 dos princípios da nova vida como "em Cristo".

O homem, que está unido com Jesus, entra agora para a extensões do Redentor. Ele não anda sozinho, abandonado, fraco, ou culpado, porque o seu Senhor o acompanha, protegê-lo, e cuida dele. O Senhor o faz, não porque o crente é bom em si mesmo, mas porque ele se comprometeu a sua misericordioso Salvador, que justificou e santificou-o, embelezou-o com amor, e sempre o mantém. O próprio Cristo habita no crente, e as mudanças e desenvolve-o à sua plenitude no estado espiritual que o apóstolo chama de "estar em Cristo". Ele não fala sobre continuação na igreja, mas nos pede para tornar-se unido com Cristo, e afogar-nos no seu amor.

Nossa fé não é baseada apenas em crenças teóricas, mas se materializa na conduta santa, porque Cristo causou o nosso orgulho de morrer na cruz, e levantou-nos pela sua ressurreição para uma vida nova. Aquele que nele crê adere ao seu Senhor, e recebe dele um poder celestial. Estas palavras não são uma filosofia vazia, mas a experiência de milhões de crentes, em quem o Espírito Santo habita. O próprio Deus vem e habita em quem aceita a Cristo e sua salvação.

O Espírito Santo, como o advogado divino e único, o conforto a sua consciência confusa a respeito das acusações do diabo. Ele confirma a você, em nome do Deus santo, que se tornaram justos em Cristo, e obtiveram poder celestial que você pode ser capaz de viver exclusivamente no meio deste mundo corrupto. A habitação do Espírito Santo muda o estado do homem, como Paulo descreve no capítulo 7. Ele não fica natural, carnal, e fraca, mas torna-se capaz, no poder do Espírito, para fazer o que Deus quiser. Agora que ele experimentou a grande salvação do poder do Espírito, a confissão recente de Paulo de que o que ele queria fazer ele não fez, mas o que ele odiava que ele fez, foi alterado. Ele agora faz o que Deus deseja, e seu coração está satisfeito com seu poder.

Este Espírito confirma a você que o ressuscitado, triunfante de Cristo também vai acompanhá-lo durante as horas de julgamento. Ele vai levá-lo em seus braços na chama da ira de Deus, e irá protegê-lo dos raios do Santo, pois não há condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus.

Ele também ajuda a vocês hoje para levar a vida cristã na paciência do amor, alegria, de humildade e verdade da pureza, não porque você pode criar essas virtudes de si mesmo, mas porque você permanecer em Cristo como o ramo permanece na videira. É por isso que o seu Senhor lhe diz: "Permanecei em mim e eu em ti, que você pode trazer muito fruto". Quão grande é a nossa esperança!

ORAÇÃO: Ó santo de Deus, nós te adoramos e regozijai-vos, porque você nos resgatou nosso orgulho, nos salvou de nossa conduta imundo, nos justificou de todos os nossos pecados e nos purifica de nossas abominações. Nós te louvamos porque você levou-nos a sua própria vida, e nos redimiu com o seu amor para que possamos caminhar santo, e continuar na sua comunhão eterna com todos aqueles que são chamados no mundo.

PERGUNTA:

  1. Qual é o significado da primeira sentença no capítulo 8?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on February 15, 2012, at 08:17 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)