Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- Acts - 094 (The Apostle plans to Return to Jerusalem, and then go on to Rome)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Indonesian -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Tamil -- Turkish -- Urdu? -- Uzbek -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ATOS - Na procissão triunfal de Cristo
Estudos nos Atos dos Apóstolos
PARTE 2 - Registros sobre a pregação entro os Gentios e a fundação das igrejas de Antioquia a Roma – Através do ministério do Apóstolo Paulo, comissionado pelo Espírito Santo (Atos 13 - 28)
D - A terceira viagem missionária (Atos 18:23 - 21:14)

3. Paulo propôs ir a Jerusalém e Roma (Atos 19:21-22)


ATOS 19:21-22
21 E, cumpridas estas coisas, Paulo propôs, em espírito, ir a Jerusalém, passando pela Macedônia e pela Acaia, dizendo: Depois que houver estado ali, importa-me ver também Roma. 22 E, enviando à Macedônia dois daqueles que o serviam, Timóteo e Erasto, ficou ele por algum tempo na Ásia.

A Ásia palavra foi usada pelos romanos para designar uma das suas regiões na Anatólia, dos quais Éfeso era a capital e centro de comunicações. Mais tarde, essa palavra "Ásia" foi dado para reconhecer todo o continente asiático, cuja exata das fronteiras, regiões, e os detalhes foram determinados apenas cerca de um século antes.

Na região da Anatólia chamado pela primeira vez na Ásia, Paulo pregou. Lá ele alimentados espiritualmente aqueles que ansiavam por justiça, por cerca de dois anos e meio. Durante este tempo uma igreja viva foi plantada, cujas luzes de amor brilhou ao redor dele. O evangelho da salvação chegou até a última aldeia da província. Éfeso se tornou o terceiro centro principal para enviar o evangelho para Roma, depois de Jerusalém e Antioquia. Paulo escreveu a partir desta capital de suas duas epístolas aos Coríntios zelosos. Ele sofria de seus problemas, e orou ao Senhor para que os irmãos lá para discernir os espíritos, e libertá-los de complexos mentais e psicológicos.

Durante a sua estada nesta cidade Paulo fizeram uma coleta para a igreja necessitados de Jerusalém. Ele tinha o grego e igrejas da Anatólia participar deste importante projeto, como lemos em sua segunda epístola (capítulos 8-9). Nesta cidade, em que João, o apóstolo pastoreou as ovelhas de Cristo, continuou a desempenhar um papel de destaque na história da igreja primitiva para centenas de anos. O Senhor vivo falou disso com a João em seu Apocalipse como o primeiro e mãe de todas as igrejas (Apocalipse 2:1-7). Vários conselhos importantes foram realizadas em Éfeso, incluindo o Conselho Ecumênico terceiro (AD 431) na época dos Césares Bizantino. Paulo agradeceu a Cristo por seu triunfo na Ásia Menor no final do seu ministério lá, em 55 d.C. O Espírito Santo clarificada para o apóstolo dos gentios que ele tinha que voltar logo para Jerusalém, para ligar a nova igreja com a igreja mãe em Jerusalém.

Mas Paulo queria ver os membros amados das igrejas gregas, mais uma vez. Ele planejou através de muitas orações, sob a direção do Espírito Santo, para viajar para o oeste primeiro a Roma, e depois para o leste de Jerusalém. O apóstolo sabia que a Cidade Santa não marcaria o fim de suas viagens missionárias, para o Espírito Santo lhe revelou que Roma seria seu objetivo final. O Evangelho foi correndo de Jerusalém para Roma e para o centro do Espírito Santo para o centro da autoridade secular, de modo que o braço da justiça pode superar todas as outras injustiças. Cristo pede a cada cidade, partido e religião se submeter a ele. Ele é o Senhor, e todo joelho se dobrará diante dEle, nos céus, e dos na terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai (Filipenses 2:10-11) . A glorificação deste nome exclusivo foi o motivo e força motriz para viagens missionárias de Paulo.

Paulo não era um gênio isolado no reino de Deus. Ele atuou com a participação de muitos irmãos, que juntos representavam o corpo espiritual de Cristo. Não um dos irmãos pode servir em todos os momentos, não sem os seus outros irmãos. Confessamos, então, que precisamos de suas orações e na comunhão, assim como você precisa de nosso serviço e invocações. Oramos por você. Você também praticar a oração para nós? Paulo enviou Timóteo, que tinha servido fielmente como seu filho, para preparar sua viagem. Agora ele estava prestes a abrir caminho para viagem de Paulo de despedida grande.

ORAÇÃO: Agradecemos a Cristo nosso Senhor, pois nem autoridade terrena nem Satanás podem interromper seu cortejo triunfal. Você admitiu-nos na vastidão do teu reino. Ensina-nos a obedecer a voz do Teu Espírito Santo para que possamos seguir os caminhos que o Senhor nos determinar.

PERGUNTA:

  1. Por que Paulo teve de ir a Roma?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on September 27, 2012, at 12:04 PM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)