Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- John - 046 (The sifting out of the disciples)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Bengali -- Burmese -- Cebuano -- Chinese -- English -- Farsi? -- French -- Georgian -- Hausa -- Hindi -- Igbo -- Indonesian -- Javanese -- Kiswahili -- Kyrgyz -- Malayalam -- Peul -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Somali -- Spanish? -- Tamil -- Telugu -- Thai -- Turkish -- Urdu -- Uyghur? -- Uzbek -- Vietnamese -- Yiddish -- Yoruba

Previous Lesson -- Next Lesson

JOÃO – A Luz Resplandece nas Trevas
Um Curso de Estudos Bíblicos no Evangelho de Cristo segundo João

PARTE 2 – A Luz Resplandece nas Trevas (João 5:1 – 11:54)
B – Jesus é o Pão da Vida (João 6:1-71)

5. A separação dos discípulos (João 6:59-71)


JOÃO 6:59-60
59 Ele disse estas coisas na sinagoga, ensinando em Cafarnaum. 60 Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir?

Esse discurso sobre o pão de Deus e do corpo de Jesus como alimento foi feito em diferentes ocasiões. Ele repetiu alguns temas e aprofundou o conteúdo de forma gradual. João, porém, reuniu esses discursos em uma coleção. Vemos Jesus na sinagoga de Cafarnaum ensinando indiretamente seus ouvintes que ele é melhor do que Moisés e que todos os crentes devem participar de seu corpo e sangue.

Tal revelação foi além do alcance até mesmo de seus leais seguidores. Eles começaram a questionar e suscitar dúvidas. Eles haviam resolvido obedecer a Deus e servi-lo, mas eles estavam confusos com o absurdo do corpo e do sangue ser comido e bebido. No auge de sua perplexidade o Senhor misericordiosamente abriu as mentes dos seus fiéis seguidores para compreenderem a parábola do Pão da Vida.

JOÃO 6:61-63
61 Sabendo, pois, Jesus em si mesmo que os seus discípulos murmuravam disto, disse-lhes: Isto escandaliza-vos? 62 Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava? 63 O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são espírito e vida.

Jesus conhecia os pensamentos dos discípulos e não repreendeu seus questionamentos. Suas queixas não tinham a ver com obstinação como os incrédulos, mas foi devido à sua incompreensão das parábolas do mistério de Cristo. Mas, antes de Jesus dar-lhes conhecimento, ele lhes esclarece a obscuridade da parábola, dá a explicação mais completa do plano de salvação para o mundo.

Ele não vai simplesmente morrer para que eles se alimentam de seu corpo espiritual, mas subirá também ao seu Pai de onde havia descido. Ele é o que vem do céu, mas não irá permanecer em nosso mundo. Eles o viram andar sobre o lago e perceberam que era sobre-humano. Ele subirá ao Pai para derramar o seu Espírito sobre seus seguidores. Este é o propósito da sua morte e o objetivo de sua vinda. Seu dom para eles não só sua carne, mas ele vem aos corações de seus seguidores, não com o seu corpo material, mas com o seu Espírito Santo e entra em nós.

Jesus mostrou que a carne para nada serve. Originalmente nós fomos criados perfeitos e bons, mas os nossos pensamentos e ser tornaram-se corrompidos. Em nossos corpos não encontramos a capacidade de viver como sede, encontramos apenas a capacidade de pecar. Seu corpo estava propenso à fraqueza, por isso ele disse: "Vigiai e orai para que não entreis em tentação. O Espírito está alerta, mas a carne é fraca".

Louvado seja Deus porque Jesus carregou em seu corpo o Espírito Santo em todos os momentos. A presença do Espírito em si foi o segredo do seu ser. Ele quis nos conceder essa união do Espírito e do corpo pela sua morte, ressurreição e ascensão, e da habitação do seu Espírito Santo em nosso corpo frágil. Anteriormente, ele havia afirmado a Nicodemos que a água e o Espírito nos permitem entrar no Reino de Deus, referindo-se a João batizando com água e ao batismo no Espírito Santo no Pentecostes. No contexto do discurso sobre o pão da vida, Cristo explicou aos seus discípulos que ele viria para eles e sobre eles quando participassem da Ceia do Senhor. É o Espírito Santo quem revive; a carne é de nenhum valor. O Espírito de Cristo por si só garante sua Presença nos crentes. Como o Espírito Santo vem sobre nós? Esta é a questão fundamental para todos os que se preparam para participar de seu corpo e sangue para viver em perfeita união com Cristo. Jesus responde simplesmente: "Ouça as palavras, abra seu coração para o tesouro do Evangelho". Cristo é a Palavra de Deus, aquele que ouve as suas palavras e confia nele é cheio do Espírito Santo. Preencha o seu afeto com o poder de Deus, por meio da memorização de muitos textos das Escrituras. Permaneça nas promessas de Deus, segure firme em suas promessas, você vai se tornar mais poderoso do que os inventores e suas descobertas. Porque pela palavra salvadora de Cristo o Criador do universo virá sobre ti, dando-lhe a sua vida e de autoridade.

JOÃO 6:64-65
64 Mas há alguns de vós que não crêem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar. 65 E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido.

Muitos que seguiam a Jesus não conseguiram captar esse ponto vital e o deixaram. O discurso sobre comer sua carne e beber seu sangue era o centro de seu ministério na Galiléia e também a razão pela qual muitos seguidores abandonaram. Portanto, o número dos discípulos diminuiu após essa discussão. A mente dos desertores não estava pronta para ir além dos limites da lógica humana, a confiar em Jesus incondicionalmente. Eles perderam a verdade de sua divindade e não se atreveram a fazer uma aliança com ele baseada em seu sacrifício.

Jesus disse aos seus discípulos que alguns deles se oporiam a seu Espírito e o espantariam. O Senhor podia ver as emoções do coração cada um deles. Ele sabia da traição de Judas Iscariotes que havia se juntado ao grupo desde o início. Judas tinha se recusado a abrir-se totalmente ao Espírito do amor de Cristo. Jesus era conhecedor de tudo e falou sobre sua morte diante de um dos presentes que iria traí-lo.

Em conclusão, Jesus repetiu o mistério que ninguém pode crer em Jesus se não for através da ação do Espírito de Deus em sua vida. Ninguém pode chamar Jesus de Senhor se não for pelo Espírito. Nossa fé não é uma mera crença, mas uma união pessoal com Jesus por obra do Espírito. Abra sua alma para a atração do Espírito paternal, não se oponha a qualquer uma das verdades de Jesus. Então você o sentirá vindo morar em você para todo o sempre. Ele é o Pão da Vida preparado para você.

PERGUNTA:

  1. Como o Espírito que dá vida se uniu ao corpo de Cristo?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on April 10, 2012, at 10:52 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)