Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- Acts - 100 (Paul’s Parting Sermon)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Georgian -- Indonesian -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Tamil -- Telugu -- Turkish -- Urdu? -- Uzbek -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ATOS - Na procissão triunfal de Cristo
Estudos nos Atos dos Apóstolos
PARTE 2 - Registros sobre a pregação entro os Gentios e a fundação das igrejas de Antioquia a Roma – Através do ministério do Apóstolo Paulo, comissionado pelo Espírito Santo (Atos 13 - 28)
D - A terceira viagem missionária (Atos 18:23 - 21:14)

9. O sermão de despedida de Paulo aos Bispos e Anciãos (Atos 20:17-38)


ATOS 20:17-24
17 E de Mileto mandou a Éfeso, a chamar os anciãos da igreja. 18 E, logo que chegaram junto dele, disse-lhes: Vós bem sabeis, desde o primeiro dia em que entrei na Ásia, como em todo esse tempo me portei no meio de vós, 19 servindo ao Senhor com toda a humildade, e com muitas lágrimas e tentações, que pelas ciladas dos judeus me sobrevieram; 20 como nada, que útil seja, deixei de vos anunciar, e ensinar publicamente e pelas casas, 21 testificando, tanto aos judeus como aos gregos, a conversão a Deus, e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo. 22 E agora, eis que, ligado eu pelo espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que lá me há de acontecer, 23 senão o que o Espírito Santo de cidade em cidade me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações. 24 Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.

Navio de Paulo parou no porto de Mileto, e o apóstolo pediu os anciãos e os líderes da igreja em Éfeso e na Ásia, a sua província, para chegar a ele, apesar de serem 60 km de distância. Ele considerou uma visita a Éfeso desaconselhável, depois que o povo havia se revoltaram contra ele. Os irmãos fiéis correram para ver e ouvir seu pai espiritual em Cristo, e para receber a bênção divina e do poder dele para o seu ministério no Espírito Santo.

Nesta ocasião, Lucas nos relata o único sermão Paulo entregou a seus companheiros de trabalhadores e ministros das igrejas. É bom para que cada crente e ministro de Cristo para mergulhar profundamente em cada palavra desta mensagem. Ele contém orientações sobre como alcançar ministério frutífero, tanto a pregação do evangelho, bem como no serviço da igreja. Paulo apresentou três pontos:

À maneira de seu serviço.

O conteúdo de sua pregação.

Descrição do Espírito Santo do futuro.

Paulo foi o embaixador de Cristo a todas as nações. No entanto, ele veio como um servo simples e humilde, como Cristo foi manso e humilde de coração. Aquele que não vêm à igreja com estas qualidades, e que não representam essas virtudes em seu ministério e de escritório, não construir, mas destrói e derruba.

Em primeiro lugar, ele precisa ser mencionado, o objetivo de que ministravam no serviço do Senhor não é a igreja, mas o próprio Senhor, diante de quem eles estão responsáveis. Eles amam, e o desejo de apresentar a igreja para ele como uma noiva Santo. Este ministério não é tão doce como o favo de mel, mas significa libertar os escravos dos laços dos pecados, purificação aqueles que caem em lama pecaminosa, suportando a teimosia dos rebeldes, orientando bebês espirituais com muita paciência, e os inimigos bênção que os perseguem. Primeiro objetivo do diabo é atacar os ministros do Senhor, para obtê-los a cair a partir da altura do amor de Deus para o pântano de adultério, ódio e desprezo, tudo por meio de suas tentações, truques e violência. É por isso que Paulo testifica aos ministros do Senhor, que a bandeira sobre o ministério está escrito em meio a muitas lágrimas, problemas e tristezas, e não no meio de saborosos frutos, alegria, prazer, descanso e. Aquele que deseja servir ao Senhor deve se preparar para problemas de rejeição, e disputa, e não para um aumento na promoção salarial, para uma posição mais elevada ou outros tais fantasias espirituais.

Paulo manifesta em sua vida e doutrina de caráter puro cristã diante da igreja. Ele viveu o que ele disse, e se conduziu de acordo com sua pregação. Seu bom exemplo sintetizou sua mensagem do evangelho, e seus atos eram tão importantes quanto suas palavras. Nossa vida e conduta em nosso meio é ser um testemunho evidente da redenção de Cristo, amor e poder. O que não é incorporada em que você não pode ser compreendida por seus ouvintes, por sua conduta é o fundamento da sua pregação.

Para transmitir o significado e a importância do seu evangelho, Paulo seguiu três procedimentos: a pregação, ensino e testemunho. Ele encontrou as palavras adequadas para todos, de acordo com seu entendimento. Ele não deu bebês no alimento Espírito concentrada, mas o leite e iogurte, para que eles possam entender e digerir o seu evangelho. O objetivo do seu testemunho foi o crescimento espiritual dos crentes em Cristo, bem como a sua compreensão da importância da palavra de Deus. Eles não foram à falta de qualquer vitamina para o estabelecimento da vida espiritual neles. Paulo não ocultar ou reter nada da plenitude de Cristo, mas revelou à igreja universal do plano redentor de Deus, começando com a graça e as promessas de Deus. Deu-lhes, também, uma compreensão da vida cheia do Espírito. Dirigiu os crentes as bênçãos, poderes e consolações do Evangelho, e instou-os a esperar e se preparar para a vinda de Cristo, e para a glória para vir para o coração partido.

Paulo não estava satisfeito apenas pregar sermões e ministrar ensinamentos durante as reuniões da igreja. Ele também visitou as famílias em suas casas, e falou com pessoas no seu local de negócios, bem como nas ruas. Ele exortou-os a se salvar da ira vindoura de Deus e continuar na graça de Cristo.

Os assuntos mais nada no sermão de Paulo foram arrependimento, voltando-se para Deus, e de conversão. Os buscadores de Deus devem deixar de amar o seu dinheiro e eles mesmos, mas o desejo de penetrar profundamente na compreensão do Santo, para estudar a Sua vontade, reconhecer seus pecados, confessar suas faltas, e ter vergonha de suas más ações. Assim, não há fé verdadeira sem arrependimento verdadeiro, e não há perdão sem o conhecimento do pecado. Você tremia e sentia nojo sobre o seu passado? Você tem medo de Deus? Você negou-se e confessou seus pecados diante do Santo? Você vive continuamente em arrependimento e quebrantamento?

O primeiro objetivo de nosso conhecimento de Deus é a quebra de nosso egoísmo inchados. O segundo objetivo está na nossa tomada recorrer a Cristo, pois não há esperança presente ou futuro para o mundo. Nossa esperança é só em Cristo Jesus. Unidade com Cristo é a substância da nossa fé. Ela começa com a audição sobre sua vida e pessoa, e continua como começamos despertar para ele, começam a aproximar-se dEle, aprender a confiar e permanecer nele, comprometemo-nos a ele, e cultivar uma expectativa da sua vinda. Então reconhecemos que, antes de procurá-lo, ele nos procurou, nos reconciliou com Deus, esperei para o nosso giro, chamou-nos a Ele pelo Seu amor, nos recebeu que estavam desgarradas, nos purifica, nos santificou, encheu-nos com o Seu Espírito Santo, admitiu-nos na comunhão dos santos, e nos chamou para servir a Deus. Vemos em nossa fé em Cristo um duplo movimento: o nosso vai a Ele, e sua vinda para nós. Você conheceu Cristo pessoalmente? Você permaneço no Seu Novo Testamento? Ele está preparado para te salvar. Você acredita nele?

Paulo disse que ele estava preso no espírito, pois ele havia dispensado com a liberdade de sua vida terrena e viveu em e por Cristo. Ele não foi para seus próprios caminhos, mas ouviu em todos os momentos para a orientação do Espírito Santo. Este Guia divina, que o enviou a Jerusalém, disse-lhe de antemão que atribulações dolorosas esperava lá no final da sua vida apostólica, assim como o seu Senhor sofreu no final de sua vida em Jerusalém. O fruto do seu cansaço e esforço não foi recompensa e respeito, mas as aflições, prisão, desprezo e.

Paulo não fugir da calamidade que ele estava prestes a encontrar, mas abordá-lo com cautela. Ele não se considerava uma pessoa importante ou notável, nem escreveu sua biografia ou compilar um registro de suas próprias experiências. Ele se considerava um servo inútil, e confiava completamente na obra do Senhor vivo. Seria que o Senhor nos concede a mesma atitude em relação a nossas próprias vidas! Seria que nós, também, deve considerar-nos não rentáveis, de modo que o Senhor Jesus pode tornar-se todas as coisas para nós.

Para além da sua abnegação, Paulo desejado duas outras coisas: Primeiro, que ele possa permanecer fiel ao seu Senhor em meio as tentações que estavam prestes a vir sobre ele, e não cair na ofensa e ódio. Ele desejou a amar os seus inimigos, perdoa-lhes sua agressão contra ele, e continuam a comportar-se de santidade e de graça. Em segundo lugar, Ele não estava satisfeito com apenas continuar a ser fiel na conduta, mas também queria terminar a sua vocação sagrada. Ele não viveu para si mesmo, mas para o seu Senhor e por Sua igreja. Paulo não procurou o ministério, nem ele foi capaz de realizá-lo por si mesmo. Cristo tinha escolhido ele, e lhe deu o poder para cumprir o seu chamado.

Qual foi o resumo da vida de Paulo no ministério? Foi um testemunho da graça de Deus. O Deus Santo retido a sua ira de nós, visto que Cristo tinha justificado nós. Ele manifestou-se como nosso Pai, oferecendo ao Espírito Santo a todos aqueles que amava o seu Filho Jesus. Ele feito de pecadores corruptos Seus filhos santo. É esta a graça não maravilhosa, maravilhosa graça?

ORAÇÃO: Ó Pai Celestial, nós Te adoramos com alegria, gratidão e louvor porque você não nos destrói por causa dos nossos muitos pecados, mas tem misericórdia de nós em Jesus Cristo e nos fez seus filhos pela graça. Ajude-nos a caminhar dignamente nesta graça e a pregar Sua bondade maravilhosa para todos aqueles sem esperança.

PERGUNTA:

  1. Qual foi a forma, conteúdo e um resumo da pregação do Apóstolo Paulo?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on September 27, 2012, at 12:07 PM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)