Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- John - 018 (The first six disciples)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Bengali -- Burmese -- Cebuano -- Chinese -- English -- Farsi? -- French -- Georgian -- Hausa -- Hindi -- Igbo -- Indonesian -- Javanese -- Kiswahili -- Kyrgyz -- Malayalam -- Peul -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Somali -- Spanish? -- Tamil -- Telugu -- Thai -- Turkish -- Urdu -- Uyghur? -- Uzbek -- Vietnamese -- Yiddish -- Yoruba

Previous Lesson -- Next Lesson

JOÃO – A Luz Resplandece nas Trevas
Um Curso de Estudos Bíblicos no Evangelho de Cristo segundo João

PARTE 1 – O Brilho da Luz Divina (João 1:1 – 4:54)
B – Cristo conduz seus discípulos da esfera do arrependimento para a alegria do Casamento (João 1:19 – 2:12)

3. Os primeiros seis discípulos (João 1:35-51)


JOÃO 1:43-46
43 No dia seguinte quis Jesus ir à Galiléia, e achou a Filipe, e disse-lhe: Segue-me. 44 E Filipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro. 45 Filipe achou Natanael, e disse-lhe: Havemos achado aquele de quem Moisés escreveu na lei, e os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José. 46 Disse-lhe Natanael: Pode vir alguma coisa boa de Nazaré? Disse-lhe Filipe: Vem, e vê.

Nos versos anteriores lemos sobre os eventos que ocorreram em quatro dias seguidos. No primeiro foi a delegação de Jerusalém; no segundo João proclamou Jesus como o Cordeiro de Deus; no terceiro, Jesus recrutou quatro discípulos; no quarto dia, ele chamou Filipe e Natanael para seu círculo de discípulos.

Foi Jesus quem viu Filipe. Sem dúvida alguma, Filipe já ouvira antes de João Batista que Jesus estava entre eles. Ele ficou surpreso quando Batista apontou Jesus como o Cordeiro de Deus. Filipe não ousou se aproximar de Jesus, embora quisesse conhecer o Senhor, mas se achou indigno de contato com o Divino. Então Jesus foi até ele, removeu seus medos e o convidou a se levantar e a segui-lo. Jesus tinha o direito de escolher homens para si, porque Ele os criou, os amou e os redimiu. Não somos nós que escolhemos aceitá-lo, mas ele nos vê primeiro; ele nos vê, nos encontra e nos chama para seu serviço.

Não há seguidor sem um chamado, nenhum serviço sem uma ordem de Cristo. Quem quer que sirva sem ter sido selecionado para a tarefa do Reino de Deus prejudica a si mesmo e aos outros. Mas quem ouve Cristo e o obedece prontamente, desfrutará do doce cuidado de Crsito. Jesus será responsável por ele o tempo todo.

Filipe logo saiu para evangelizar; encontrando seu amigo Natanael, entregou-lhe as boas novas; expressando a mensagem da Igreja, “Achamos o Messias!”, e não “eu achei”. Ele humildemente se incluiu na confissão da Igreja.

Parece que Jesus informou esses discípulos sobre o curso de sua missão. José foi seu pai adotivo que o criou. Jesus não falou nada sobre seu nascimento em Belém, e a essa altura seus discípulos não sabiam nada sobre esse evento.

Natanael era versado nas Escrituras. Então ele procurou nos livros de Moisés e nos Profetas e aprendeu sobre as promessas que apontavam para Cristo, sabendo que o Prometido nasceria em Belém da linhagem de Davi, e seria Rei sobre seu povo. Natanael achou difícil de aceitar o fato que o Messias viria da pequena cidade de Nazaré que nem é mencionada no Antigo Testamento e que não há nenhuma profecia ligada a ela. Natanael se lembrou que essa cidade da Galiléia foi o cenário da rebelião dos Zelotes patriotas e entusiastas contra Roma. A revolta foi destruída e muito sangue derramado.

Esses fatos não preocupavam Filipe. Sua alegria era grande em descobrir Cristo. Seu entusiasmo foi, sem dúvidas, maior que o de Natanael. Ele disse, cortando qualquer resposta, “Venha e veja”. Esse mote evangelístico é a base para se experimentar a verdade. Não argumente sobre Jesus, mas experimente seu poder e companheirismo. Nosso testemunho não se baseia em pensamentos imaginários, mas numa Pessoa, Pessoa que é verdadeiramente Senhor.

ORAÇÃO: Querido Senhor Jesus, obrigado pela alegria que enche nossos corações, mova-nos na com a beleza de seu companheirismo para levarmos outros a ti. Nos dê o desejo de pregar com amor paciente e perdoe cada um de nossos temores, demoras e acanhamentos para que proclamemos seu nome com vigor.

PERGUNTA:

  1. Como os primeiros discípulos proclamaram o nome de Jesus aos outros?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on April 10, 2012, at 10:26 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)