Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- Acts - 077 (Strengthening of the Churches of Syria and Anatolia)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Indonesian -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Tamil -- Turkish -- Urdu? -- Uzbek -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ATOS - Na procissão triunfal de Cristo
Estudos nos Atos dos Apóstolos
PARTE 2 - Registros sobre a pregação entro os Gentios e a fundação das igrejas de Antioquia a Roma – Através do ministério do Apóstolo Paulo, comissionado pelo Espírito Santo (Atos 13 - 28)
C - A Segunda Viagem Missionária (Atos 15:36 - 18:22)

2. O fortalecimento das igrejas da Síria e Anatólia: a escolha de Timóteo para a Obra (Atos 16:1-5)


ATOS 16:1-5
1 E chegou a Derbe e Listra. E eis que estava ali um certo discípulo por nome Timóteo, filho de uma judia que era crente, mas de pai grego; 2 do qual davam bom testemunho os irmãos que estavam em Listra e em Icônio. 3 Paulo quis que este fosse com ele; e tomando-o, o circuncidou, por causa dos judeus que estavam naqueles lugares; porque todos sabiam que seu pai era grego. 4 E, quando iam passando pelas cidades, lhes entregavam, para serem observados, os decretos que haviam sido estabelecidos pelos apóstolos e anciãos em Jerusalém. 5 De sorte que as igrejas eram confirmadas na fé, e cada dia cresciam em número.

Paulo saiu de Tarso, uma cidade deslumbrante com os seus estádios e universidades, para a região mais alta e de montanhas selvagens de Taurus. Ele cruzou a longas distâncias a pé para o alto, através das planícies secas da Anatólia. Depois de grande esforço chegou a Derbe, cidade da Licaônia. Vemos que um desejo incontrolável esse pregador tinha para suas igrejas. Durante a viagem ele não se preocupou com sua própria segurança contra os vários perigos. Seu desejo e design foram para ver seus entes queridos. Como, também, Cristo deseja estar com sua amada, tendo os redimiu na cruz? O Senhor anseia para nós, e está vindo para nós em breve.

Em Derbe, Paulo e Silas reforçaram os crentes e lhes falaram sobre a igreja em Antioquia que orava por eles. Eles confirmaram a eles a liberdade da lei, que a igreja mãe em Jerusalém havia concordado. Silas era um membro delegado daquela igreja, e, portanto, sua declaração foi oficial. Ele também era um profeta do Espírito Santo, que declarou abertamente que os gentios são convertidos para além da manutenção da lei. Quando elas acreditam em Cristo, receber livremente a habitação e o poder do Espírito Santo, sem as obras humanas. Esta declaração foi tão grande, radical e vital que todos os ouvintes abriram seus corações ao espírito de graça, que estava fluindo livremente da Nova Aliança.

Quando os dois pregadores chegaram a Listra encontraram um jovem chamado Timóteo, que se tornou um crente durante a viagem anterior de Paulo, quando ele foi apedrejado na cidade. O jovem tinha um pai grego e mãe judia, e foi distinguido pelo seu calor, amor e sabedoria. Ele havia fortalecido, encorajado, unido e edificado as igrejas sem qualquer autorização prévia dos apóstolos. Ele também viajou para Icônico e visitou os irmãos lá. Assim, ele era conhecido por todos os cristãos e reconhecido como um servo fiel de Cristo.

Paulo, pela liderança do Espírito Santo, sentiu que este jovem poderia ajudá-lo. Ele chamou seu sócio no seu tempo, as viagens perigosas. Na verdade, nenhum daqueles que acompanhou o sofrimento do apóstolo foi tão fiel quanto Timóteo. Paulo chamou seu filho fiel no Senhor, que as almas do edificado as novas igrejas em Filipos, Corinto e outros lugares. Onde o apóstolo não podia ficar muito tempo, Timóteo concluiu o trabalho de Paulo (Filipenses 02:20, 1Coríntios 4:17). Após a morte de Paulo, Timóteo tornou-se o mais provável sucessor do apóstolo na grande igreja de Éfeso. Ele praticava lá o que o apóstolo escreveu a ele em suas epístolas. Estas epístolas tornaram-se o principal guia para a edificação de igrejas até hoje.

Um problema remoto ocorria em se chamar esse jovem para ser companheiro de viagem de Paulo, sua mãe era judia, e seu pai grego. Tal casamento era considerado ilegítimo segundo a lei judaica naquela época, e como tal, o jovem também foi considerado ilegítimo. Paulo não circuncidou Timóteo para sua justificação ou santificação, mas como um ato de oportunismo, de modo que os judeus não poderiam criticá-lo. Assim, o jovem foi judaizado e concedeu a cidadania de sua mãe. Ele se tornou capaz de participar com os judeus em sua vida social. Ao mesmo tempo ele era um grego que servia aos gregos através de sua pregação. Paulo circuncidou Timóteo para não recuar em caminho à escravidão da lei, mas para melhorar o caminho do amor. Ele não circuncidou seu discípulo para ganhar os gentios, mas os judeus. A pregação não se limita a um molde sólido, mas mantém ritmo de cada um a liberdade de um amor sacrificial, um amor dedicado ao serviço com coração e alma.

ORAÇÃO: Senhor Jesus Cristo, nós Te agradecemos por conceder a Timóteo um segundo nascimento, fazendo dele um filho espiritual e o enchendo com os dons do Seu Espírito Santo. Você o equipou para edificar suas igrejas e estar pronto para servir em duras viagens missionárias. Ajuda-nos também a seguir-Te para que possamos participar na edificação da igreja fielmente e para ganhar almas em seu nome.

PERGUNTA:

  1. A circuncisão de Timóteo era necessária ou não? Por quê?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on September 27, 2012, at 11:57 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)