Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- Acts - 068 (Founding of the Church at Iconium)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Georgian -- Indonesian -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Tamil -- Telugu -- Turkish -- Urdu? -- Uzbek -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ATOS - Na procissão triunfal de Cristo
Estudos nos Atos dos Apóstolos
PARTE 2 - Registros sobre a pregação entro os Gentios e a fundação das igrejas de Antioquia a Roma – Através do ministério do Apóstolo Paulo, comissionado pelo Espírito Santo (Atos 13 - 28)
A - A Primeira Viagem Missionária (Atos 13:1 - 14:28)

4. A fundação da igreja em Icônico (Atos 14:1-7)


ATOS 14:1-7
1 E aconteceu que em Icônico entraram juntos na sinagoga dos judeus, e falaram de tal modo que creu uma grande multidão, não só de judeus mas de gregos. 2 Mas os judeus incrédulos incitaram e irritaram, contra os irmãos, os ânimos dos gentios. 3 Detiveram-se, pois, muito tempo, falando ousadamente acerca do Senhor, o qual dava testemunho à palavra da sua graça, permitindo que por suas mãos se fizessem sinais e prodígios. 4 E dividiu-se a multidão da cidade; e uns eram pelos judeus, e outros pelos apóstolos. 5 E havendo um motim, tanto dos judeus como dos gentios, com os seus principais, para os insultarem e apedrejarem. 6 Sabendo-o eles, fugiram para Listra e Derbe, cidades de Licaônia, e para a província circunvizinha; 7 e ali pregavam o evangelho.

Pedro e Barnabé não sem querer fugir de Antioquia da Anatólia, mas discretamente continuaram em seu caminho, acompanhando Jesus Cristo em sua procissão triunfal. Eles chegaram logo em Icônico, outro centro comercial na Anatólia. Eles entraram pela primeira vez à sinagoga dos judeus, pois tinham reconhecido e submetido às profecias do Antigo Testamento, afirmando que os judeus deveriam ser os primeiros a ouvir o evangelho da salvação, seja para receber ou rejeitá-la.

Uma igreja vigorosa logo foi formada em Icônico, composta de judeus que haviam crido em Cristo e regenerados gentios. Lucas registrou para nós (capítulo 13) um sermão modelo de Paulo na sinagoga dos judeus em Antioquia, e assim, também, ele pregou em Icônico. Quando as pessoas começaram a entrar em massa as extensões de Cristo, recebendo a Sua vida eterna, o chefe da sinagoga ficou com inveja. Opôs-se a interpretação de Paulo da Lei e blasfemou contra o crucificado uma vez, agora a viver Jesus. A separação, final doloroso surgiu, uma que não tinha sido pretendido pelo Paulo. Esta separação não foi o resultado da pregação de errado ou qualquer arrogância ou egoísmo da parte de Paulo, mas foi um resultado inevitável da revelação do verdadeiro evangelho. A palavra de Deus seja salva ou endurece, ou libera ou liga. Devemos considerar a necessidade de refinamento espiritual em nossas igrejas. As medidas necessárias para separar-nos do pecado, realizado em humildade por causa do evangelho, é uma grande graça.

Por que não muitos dos judeus crêem em Jesus de Nazaré, o Cristo crucificado e Senhor do céu? Lucas escreve que, apesar do conhecimento, reconhecimento e desenho do Espírito de Deus que eles não querem acreditar. Suas mentes e suas vontades eram contra Deus, e eles não estavam prontos para receber a graça. Tinham construído a sua fé e justiça sobre suas próprias obras e capacidades humanas. Ao fazer isso eles rejeitaram a necessidade de arrependimento, e não prática compromisso com Cristo. Eles odiavam o Salvador, que disse que Ele é o único caminho para Deus. Mesmo o homem de hoje não estará pronto para receber a Cristo se ele pára na lei, pensando que o caminho certo para o céu. O legalista Pobre engana a si mesmo, pois ele não observar o seu próprio afogamento no pecado. Sua confiança em sua própria divindade supostamente o impede de arrependimento, quebrantamento, confissão e. Este hipócrita pensa que não precisa de Jesus, o Salvador, e ele rejeita sua mão estendida entregando a ele. Você tem necessidade de Jesus? Você conhece suas fraquezas e pecado? Você se apega ao seu Salvador diariamente, noite e dia?

Lucas ligou para os irmãos Paulo e Barnabé, para que colaborou no grande amor e harmonia humilde na irmandade do Espírito Santo. Nenhum deles procurados seus próprios interesses ou de qualquer outra coisa em separado. Eles oraram juntos, e participou de proclamar o triunfo de Cristo.

Ambos sentiram o ódio crescendo, mas eles não fugiram. Eles passaram a testemunhar para as novas igrejas a plenitude do poder de Cristo. Curas maravilhosas e sinais estavam sendo trabalhados através da fé crescente da Igreja, indicando a presença de Cristo vivo no meio deles. A pregação se tornou mais forte e mais forte, e a graça de Cristo se manifestou mais e mais. Ainda hoje Ele está preparado para descer os seus dons aos crentes para fortalecer seu testemunho. Assim, graça e fé foram os elementos básicos na pregação dos apóstolos.

A divisão na sinagoga dos judeus espalhados por toda a cidade, de tal forma que cada família foi dividida em duas partes. A primeira parte inclinada para os judeus e os seus interesses comerciais, junto com o desejo de manter a calma na cidade. Eles odiavam a nova doutrina, e estavam preparados para conduzir Paulo afastado, juntamente com o seu espírito agitando. A segunda parte sentiu o poder de Cristo, para os atos e palavras dos apóstolos brilhou como luzes brilhantes no meio da escuridão. Eles queriam realizar seu triunfo, e rezou para a presença da bênção de Deus. Eles desejavam reavivamento espiritual e crescimento em sua cidade.

O novo ensino, no entanto, colidiu com a tradição antiga. Aqueles que eram inflexíveis não sabia como superar aqueles que desejam para o amor de Deus para se manifestar. Quando os judeus não poderiam superar a Paulo e Barnabé espiritualmente, eles se uniram secretamente com os governantes e pessoas de posição na cidade para atormentar os dois apóstolos e apedrejá-los. Eles recorreram à violência e assassinato, já que seu espírito legalista poderia de modo algum superar o Espírito Santo livre.

Os apóstolos observaram essa má intenção de antemão, e passou de Icônico, fugindo para outra cidade. Morte por amor de Cristo não é o único comando do Senhor. Às vezes é mais importante viver por causa dele, que o serviço para o seu nome e a difusão de sua palavra pode continuar. Então escute atentamente o que o Espírito Santo diz para você na sua situação. Não se surpreenda se você encontrar com problemas, perseguições, insultos, e pressão dolorosa por causa do nome de Jesus. O apóstolo dos gentios fugiu de cidade em cidade e de um país para outro. Cada vez que ele criou coragem mais uma vez. Ele não se importava com o ódio de seus perseguidores, mas pregou a grandeza da salvação de Cristo, dentro e fora da estação. Então reze irmão, querida, e ouvir a orientação do Espírito Santo. Não se cale, mas pregar corajosamente a grandeza do amor de Cristo. Ao fazer isso você pode ser revestidos de poder do alto.

ORAÇÃO: Nós Te agradecemos, nosso Senhor Jesus Cristo, por reforçar Paulo e Barnabé para não se tornarem pessimistas apesar das perseguições e dificuldades. Você lhes deu poder, os guiou e os encorajou a glorificar o Seu santo nome. Ajude-nos a não temer ninguém, mas apenas glorificar Seu nome com ousadia e prudência no Teu Espírito Santo.

PERGUNTA:

  1. Por que Paulo e Barnabé fugiram de uma cidade para outra?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on September 27, 2012, at 11:52 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)