Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- John - 125 (Conclusion of John's gospel)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Bengali -- Burmese -- Cebuano -- Chinese -- English -- Farsi? -- French -- Georgian -- Hausa -- Hindi -- Igbo -- Indonesian -- Javanese -- Kiswahili -- Kyrgyz -- Malayalam -- Peul -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Somali -- Spanish? -- Tamil -- Telugu -- Thai -- Turkish -- Urdu -- Uyghur? -- Uzbek -- Vietnamese -- Yiddish -- Yoruba

Previous Lesson -- Next Lesson

JOÃO – A Luz Resplandece nas Trevas
Um Curso de Estudos Bíblicos no Evangelho de Cristo segundo João

PARTE 4 - A luz vence as Trevas (João 18:1 – 21:25)
B – A Ressurreição e Aparição de Cristo (João 20:1 – 21:25)

4. A conclusão do evangelho de João (João 20:30-31)


JOÃO 20:30-31
30 Jesus, pois, operou também em presença de seus discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro. 31 Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.

No final deste capítulo, chegamos ao final do que o próprio João realmente escreveu. O escritor místico e evangelista anunciou o aumento da luz de Deus na escuridão que não percebia. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, aqueles que acreditam nele. O grande evangelista chamou-nos para as profundezas da comunhão divina, na pessoa de Jesus. Ele descreve para nós a morte e ressurreição de Cristo, para que possamos crer nele e vê-lo vivendo conosco.

Em suma, o apóstolo estabelece quatro princípios, para tornar claro para nós a essência do seu evangelho e o objetivo da sua escrita.

João não escreveu volumes para cobrir todos os ditos e feitos de Jesus. Caso contrário, ele teria a caneta vários tomos. Ele selecionou os sinais e discursos que gostaria de destacar a personalidade ímpar de Jesus. Sua escrita não foi um ditado do Espírito de Deus em uma visão ou uma forma inconsciente. Antes, ele era responsável, inspirada pelo Espírito Santo, para selecionar os eventos de destaque, e ele carinhosamente retrata o Cordeiro de Deus que carrega o pecado do mundo, uma vítima morta.

João escreveu o evangelho que nos permite discernir que o homem Jesus de Nazaré, simples e desprezado, é Cristo, o prometido e Filho de Deus, ao mesmo tempo. Com estes dois títulos, ele conheceu os anseios dos judeus durante as eras do Antigo Testamento. Assim, ele julgou que sua nação crucificado filho prometido de Davi. O homem Jesus confirmou que o verdadeiro Cristo como Filho de Deus. O grande amor de Deus e da santidade irrepreensível é irrepreensível, ou negligência de alguém com boa vontade. João Jesus glorifica soberbamente. Seu retrato de Jesus por nós é incomparável, para que possamos compreender o amor do Filho de Deus, que Se fez homem para que nos tornássemos filhos de Deus.

João não tem desejo de criar apenas uma aceitação credo em nós, mas um vínculo com o Filho de Deus. Como Jesus é o Filho de Deus se torna nosso Pai. Uma vez que o Eminente é nosso Pai, que ele pode trazer muitos filhos, cheios de sua vida eterna. O novo nascimento por meio do sangue de Cristo e do Espírito em nós, que é o objetivo do Evangelho de João. Então, você nasceu espiritualmente ou você ainda está morto em nossos delitos? Será que Deus habita em você ou você está desprovido de seu Espírito Santo?

O segundo nascimento é completado pela fé no Filho de Deus. Aquele que confia n'Ele recebe a vida divina. Nós temos esta vida em permanente relação com ele pela fé. Quem permanece em Jesus vai achar que Jesus habita nele. Tal crente vai crescer em espírito e em verdade e os frutos da vida divina prosperarão nele. A vida eterna é o amor de Deus que nos impele a levar muitos à fé em Jesus. Seu amor nos faz permanecemos nele, e ele neles sempre.

ORAÇÃO: Senhor Jesus, agradecemos o evangelho como o evangelista João registrou. Através deste livro único percebemos sua majestade e da verdade. Nós nos curvamos para você com alegria, porque vocês levaram-nos a fé em você, e deu-nos novo nascimento pela graça. Firme-nos na sua comunhão, a amá-lo nos ajude a manter seus mandamentos. Queremos testemunhar publicamente o seu nome, que os nossos amigos possam confiar em você e receber a vida abundante pela fé.

PERGUNTA:

  1. O que João elabora na conclusão do seu evangelho?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on April 10, 2012, at 12:22 PM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)