Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- John - 064 (The Jews interrogate the healed man)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Bengali -- Burmese -- Cebuano -- Chinese -- English -- Farsi? -- French -- Georgian -- Hausa -- Hindi -- Igbo -- Indonesian -- Javanese -- Kiswahili -- Kyrgyz -- Malayalam -- Peul -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Somali -- Spanish? -- Tamil -- Telugu -- Thai -- Turkish -- Urdu -- Uyghur? -- Uzbek -- Vietnamese -- Yiddish -- Yoruba

Previous Lesson -- Next Lesson

JOÃO – A Luz Resplandece nas Trevas
Um Curso de Estudos Bíblicos no Evangelho de Cristo segundo João

PARTE 2 – A Luz Resplandece nas Trevas (João 5:1 – 11:54)
C – A última viagem de Jesus a Jerusalém (João 7:1 – 11:54) A separação entre as Trevas e a Luz.
2. Curando o homem cego de nascença (João 9:1-41)

b) Os Judeus interrogam o homem curado (João 9:13-34)


JOÃO 9:24-25
24 Chamaram, pois, pela segunda vez o homem que tinha sido cego, e disseram-lhe: Dá glória a Deus; nós sabemos que esse homem é pecador. 25 Respondeu ele pois, e disse: Se é pecador, não sei; uma coisa sei, é que, havendo eu sido cego, agora vejo.

Os Fariseus estavam se esforçando para encontrar um ponto fraco em Jesus para acusá-lo em flagrante. Mais uma vez eles trouxeram o homem curado diante deles e fê-lo jurar para falar contra Jesus e acusá-lo de algum pecado. Eles afirmam-se como especialistas em direito que sabiam que Jesus é um pecador; tudo o que precisavam era de uma prova clara. Eles colocaram pressão sobre ele para acordar e acusar Jesus, e desejou-lhe confessar que a sua cura não era para a glória do Nazareno. Mas ele respondeu sabiamente: "Eu não sei se ele é um pecador, só Deus sabe. Eu sei de uma coisa: uma vez eu estava cego, mas agora vejo". Esse fato não pode ser negado. Implica um milagre, uma energia divina e a graça do perdão. Este testemunho do jovem é o que milhares de crentes vão confirmar. Eles podem não conhecer os mistérios do céu e do inferno, mas eles receberam renascimento. Cada um deles pode dizer: "Uma vez eu estava cego, mas agora vejo".

JOÃO 9:26-27
26 E tornaram a dizer-lhe: Que te fez ele? Como te abriu os olhos? 27 Respondeu-lhes: Já vo-lo disse, e não ouvistes; para que o quereis tornar a ouvir? Quereis vós porventura fazer-vos também seus discípulos?

Descontentes com as respostas do jovem, os Fariseus tentaram encontrar contradições no seu relatório e pediram-lhe para repetir sua história. Ele estava zangado e disse: "Vocês não entenderam da primeira vez? Querem ouvir a história mais uma vez para tornarem-se seus discípulos?".

JOÃO 9:28-34
28 Então o injuriaram, e disseram: Discípulo dele sejas tu; nós, porém, somos discípulos de Moisés. 29 Nós bem sabemos que Deus falou a Moisés, mas este não sabemos de onde é. 30 O homem respondeu, e disse-lhes: Nisto, pois, está a maravilha, que vós não saibais de onde ele é, e contudo me abrisse os olhos. 31 Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus, e faz a sua vontade, a esse ouve. 32 Desde o princípio do mundo nunca se ouviu que alguém abrisse os olhos a um cego de nascença. 33 Se este não fosse de Deus, nada poderia fazer. 34 Responderam eles, e disseram-lhe: Tu és nascido todo em pecados, e nos ensinas a nós? E expulsaram-no.

Depois que o jovem ridicularizou os Escribas e os estudiosos, eles gritaram e injuriaram, dizendo: "Não nós, mas você é o discípulo deste enganador. Seguimos Moisés, o homem que falou com Deus". Jesus já havia informado a eles que se houvessem entendido corretamente Moisés, eles teriam ouvido as suas palavras e crido. Mas, uma vez que haviam torcido as palavras de Moisés e as usavam para justificar a si mesmos, eles não poderiam compreendê-lo, nem podiam reconhecer o Espírito através de quem ele falava.

Ao que o homem curado respondeu: "Aquele que abre os olhos de um cego de nascença tem poderes criativos Ele é poderoso e capaz. Em sua gentileza, ele não me culpou. Ele não pediu dinheiro, mas me ofereceu gratuitamente uma obra amorosa. Ele nem esperou por mim para agradecer-lhe. Eu não encontrei nenhuma falta ou defeito nele".

O rapaz então confessou: "Cada membro da Antiga Aliança sabe que Deus não responde às orações dos soberbos. O pecado no homem impede o fluxo das bênçãos de Deus. Mas o que está quebrantado diante do Santo, confessando os seus pecados, buscando a fé e o amor em ação de graças, a ele Deus fala em pessoa".

"Nenhum de vocês pode abrir meus olhos, nenhum homem pode fazer isso porque todos pecaram, exceto Jesus. Ele foi capaz de me curar, prova que ele é inocente. Deus habita nele". Tendo sido obrigado a pensar sobre Jesus, esta investigação o fez conhecer a Jesus em sua inocência e sua divindade. Com isso, o povo devoto e hipócrita amaldiçoou-lhe dizendo: "Ninguém é mais corrupto do que você, seus pais também são assim. Sua depravação resultou em sua cegueira". Estas pessoas não sabiam que eles eram mais cegos do que aquele pobre homem. Jesus estava usando-o como um apóstolo em seu nome para pregar a eles, para mostrar o que ele podia fazer-lhes. Mas eles rejeitaram o ensinamento de Cristo através do mensageiro curado. Então eles o expulsaram a força da sinagoga. Esta primeira expulsão ocorreu na sala do Conselho e, em seguida, publicamente, quando o chamaram de servo de Jesus. Naquele dia ele foi curado e ainda no mesmo dia foi rejeitado pelos de sua nação; evidência de que o espírito do povo não suporta o Espírito de Cristo.

PERGUNTA:

  1. O que esse jovem percebeu gradualmente durante os interrogatórios?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on April 10, 2012, at 11:05 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)