Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- John - 062 (Healing on the Sabbath)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Bengali -- Burmese -- Cebuano -- Chinese -- English -- Farsi? -- French -- Georgian -- Hausa -- Hindi -- Igbo -- Indonesian -- Javanese -- Kiswahili -- Kyrgyz -- Malayalam -- Peul -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Somali -- Spanish? -- Tamil -- Telugu -- Thai -- Turkish -- Urdu -- Uyghur? -- Uzbek -- Vietnamese -- Yiddish -- Yoruba

Previous Lesson -- Next Lesson

JOÃO – A Luz Resplandece nas Trevas
Um Curso de Estudos Bíblicos no Evangelho de Cristo segundo João

PARTE 2 – A Luz Resplandece nas Trevas (João 5:1 – 11:54)
C – A última viagem de Jesus a Jerusalém (João 7:1 – 11:54) A separação entre as Trevas e a Luz.
2. Curando o homem cego de nascença (João 9:1-41)

a) Curando no Sábado (João 9:1-12)


JOÃO 9:1-5
1 E, passando Jesus, viu um homem cego de nascença. 2 E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? 3 Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus. 4 Convém que eu faça as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar. 5 Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo.

Jesus não fugir às pressas de seus inimigos, que estavam indo para apedrejá-lo, e ele percebeu neste momento crítico um homem em aflição. Ele é o amor que perdoa, é fiel e cheio de bênçãos. Os discípulos também viram o cego, mas não se preocuparam com ele. Em vez disso, especularam sobre a culpa de quem causou essa calamidade. A maioria das pessoas pensava que as doenças eram devidas a algum pecado e que vinham como um castigo de Deus. Jesus não definiu a causa da deficiência, ele não declarou formalmente os pais ou o jovem inocentes, mas viu na aflição deste homem uma oportunidade para Deus trabalhar. Ele não deixaria seus discípulos julgarem esse homem e nem ficarem indagando as causas de sua cegueira. Ele os levou a avançar e mostrou-lhes o objetivo da vontade de Deus: a salvação e a cura.

"Tenho que trabalhar", disse Jesus. O amor o impeliu, pois ele não tinha vontade de julgar ou destruir, mas desejava curar com compaixão. Ele mostra, assim, seu amor redentor, suas convicções e objetivos. Ele é o salvador do mundo que deseja trazer pessoas à vida divina.

Nós também ouvimos as palavras de Jesus: "Eu não trabalho no meu nome, nem pela minha própria força; eu realizo as obras de meu Pai em Seu nome e concordes a Ele". Ele chamou suas obras de obras de Deus.

Jesus sabia que o tempo era curto e a morte estava próxima. Apesar disso, ele arrumou tempo para curar o cego. Ele é a luz do mundo que deseja iluminar o cego com a luz da vida. Enquanto é dia e há ocasiões para pregar vamos testemunhar sobre Jesus. A escuridão aumenta, o nosso mundo não tem outra esperança além do retorno de Cristo. Quem vai preparar o seu caminho?

JOÃO 9:6-7
6 Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego. 7 E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo.

Anteriormente, Jesus havia realizado seu milagre por uma simples palavra. Mas neste caso do cego, cuspiu no chão e fez uma pasta com a saliva e cobriu os olhos do cego com aquilo. Jesus queria que o cego sentisse que lhe havia sido dado algo a partir do corpo de Cristo. Jesus sentiu compaixão do homem cego e tratou-lhe da melhor forma a levá-lo a uma cura. Estranhamente, os olhos do homem não foram abertos imediatamente. Ele tinha que andar de alguma forma para o fundo do vale, para se lavar na piscina de Siloé, que significa "O Enviado", um símbolo de que o curado estava sendo enviado para seu povo. Eles mesmos nasceram cegos em pecados e em ofensas com a necessidade de receber a cura que Jesus oferece.

O cego aceitou a promessa de Cristo, confiante no seu amor. Ele obedeceu imediatamente. Ele andava devagar, contemplando em seu coração o que Cristo lhe havia dito. Assim ele foi, lavou os olhos e a visão foi curada. Imediatamente, ele viu pessoas, água, luz, suas mãos e o céu. Ele viu tudo isso com espanto. Sua voz explodiu com dando aleluia e louvores pela misericórdia de Deus.

JOÃO 9:8-12
8 Então os vizinhos, e aqueles que dantes tinham visto que era cego, diziam: Não é este aquele que estava assentado e mendigava? 9 Uns diziam: É este. E outros: Parece-se com ele. Ele dizia: Sou eu. 10 Diziam-lhe, pois: Como se te abriram os olhos? 11 Ele respondeu, e disse: O homem, chamado Jesus, fez lodo, e untou-me os olhos, e disse-me: Vai ao tanque de Siloé, e lava-te. Então fui, e lavei-me, e vi. 12 Disseram-lhe, pois: Onde está ele? Respondeu: Não sei.

O milagre não permaneceu escondido porque os vizinhos viram o curado e ficaram poderosamente surpresos. Alguns não acreditam que este homem andando firme era o mesmo homem que costumava andar tropeçando e hesitavam enquanto ele se movia, muitas vezes conduzido por um transeunte. Ele testemunhou a sua própria identidade que ele era o mesmíssimo que eles haviam conhecido.

As pessoas perguntaram sobre os detalhes de sua cura, mas não perguntaram sobre o curador, apenas perguntaram como ocorreu. O homem cego chamou seu restaurador de Jesus, e sabia pouco mais sobre ele. Ele era ignorante a respeito da divindade de Cristo, mas o via como um homem que fez um barro e esfregou-o em seus olhos, em seguida, ordenou-lhe para lavar-se, e assim ele foi capaz de ver. Com isso, os espiões do Conselho perguntaram: "Onde está esse Jesus?". O jovem respondeu: "Eu não sei. Antes eu era cego, mas agora vejo. Ele não me pediu dinheiro, nem uma palavra de agradecimento. Eu não sei quem ele é, nem onde está".

ORAÇÃO: Nós te agradecemos, Senhor Jesus, você não ignorou o cego. Você abriu os olhos dele e fez um sinal para todos os que nascem em pecado. Limpe nossos olhos com o seu Espírito Santo para que possamos ver sua luz e confessar o seu nome com alegria.

PERGUNTA:

  1. Por que Jesus curou o cego de nascença?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on April 10, 2012, at 11:04 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)