Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- Acts - 104 (From Tyre to Caesarea)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Georgian -- Indonesian -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Tamil -- Telugu -- Turkish -- Urdu? -- Uzbek -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ATOS - Na procissão triunfal de Cristo
Estudos nos Atos dos Apóstolos
PARTE 2 - Registros sobre a pregação entro os Gentios e a fundação das igrejas de Antioquia a Roma – Através do ministério do Apóstolo Paulo, comissionado pelo Espírito Santo (Atos 13 - 28)
D - A terceira viagem missionária (Atos 18:23 - 21:14)

11. De Tiro a Cesaréia (Atos 21:7-14)


ATOS 21:7-14
7 E nós, concluída a navegação de Tiro, viemos a Ptolemaida; e, havendo saudado os irmãos, ficamos com eles um dia. 8 E no dia seguinte, partindo dali Paulo, e nós que com ele estávamos, chegamos a Cesaréia; e, entrando em casa de Filipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele. 9 E tinha este quatro filhas virgens, que profetizavam. 10 E, demorando-nos ali por muitos dias, chegou da Judéia um profeta, por nome Ágabo; 11 e, vindo ter conosco, tomou a cinta de Paulo, e ligando-se os seus próprios pés e mãos, disse: Isto diz o Espírito Santo: Assim ligarão os judeus em Jerusalém o homem de quem é esta cinta, e o entregarão nas mãos dos gentios. 12 E, ouvindo nós isto, rogamos-lhe, tanto nós como os que eram daquele lugar, que não subisse a Jerusalém. 13 Mas Paulo respondeu: Que fazeis vós, chorando e magoando-me o coração? Porque eu estou pronto não só a ser ligado, mas ainda a morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus. 14 E, como não podíamos convencê-lo, nos aquietamos, dizendo: Faça-se a vontade do Senhor.

Paulo viajou para o sul em outro navio. Ele parou por um dia em Akka, e cumprimentou os irmãos lá. Então, ele continuou seu caminho para Cesaréia, capital romana na Palestina, onde o Senhor tinha pela primeira vez derramou seu Espírito sobre um grande número de gentios. É estranho que nós não lemos nada sobre essa igreja dos gentios, mas pode ser porque eles haviam se mudado para outras cidades. Cesaréia era um centro romano, onde as autoridades serviu por um tempo relativamente curto antes que o governo moveu-os para outras regiões, de acordo com seus decretos.

Em Cesaréia, vivia Filipe, o evangelista ativo, e um dos sete diáconos da igreja primitiva que tinha sido forçado a fugir de Jerusalém, longe do Saul zeloso, após o apedrejamento de seus companheiros evangelista, Estevão. Caso contrário, ele também pode ter sido morto. Agora Paulo entrou em sua casa como um convidado de honra. Pelo amor de Deus um inimigo tinha se tornado um irmão em Cristo. Imaginar como os dois irmãos deve ter agradeceu Cristo por Sua graça. Lucas perguntou seguramente este testemunho, também, sobre os acontecimentos históricos em torno do começo da igreja, a fim de compor seu livro sobre os Atos dos Apóstolos. Felipe estava em completa concordância com respeito à pregação aos gentios, pois ele já havia batizado o tesoureiro etíope da corte de Candace, (antes de qualquer dos outros apóstolos), e Cristo tinha usado para pregar o Seu reino em muitos lugares. Paulo ficou na casa de Felipe durante muitos dias, em meio a harmonia espiritual e grande alegria.

O famoso evangelista era casado, como o casamento não é uma coisa vergonhosa, mas um dom do Senhor. Suas quatro filhas eram crentes, e preenchido com o espírito de profecia verdadeira. Eles falaram na igreja, pois o Espírito Santo revelou através deles, com poder e clareza, a vontade de Deus. A bênção do Pai, reinou sobre a casa inteira.

Um profeta da Judéia, Ágabo, cujo nome também é mencionado por Lucas em (Atos 11:28), tinham descido para visitar esta igreja. Ele teve um ministério profético na igreja vigorosa cedo. O Espírito do Senhor lhe havia mostrado que Paulo estava chegando por mar em direção a Jerusalém. Ele advertiu o apóstolo, a fim de prepará-lo para os sofrimentos que seria o aguardava em Jerusalém. O profeta declarou claramente que os judeus ligaria Paulo e condenar à morte, como haviam feito com Jesus, e vergonhosamente entregarão nas mãos dos gentios. O próprio Cristo, que era o selo dos profetas, havia predito Paulo, o caminho dos seus sofrimentos. Paul também tinha sido predito seus sofrimentos pela Igreja, como o espírito de profecia havia se espalhado a partir de Cristo para muitos crentes.

Quando a revelação de Deus sobre o destino de Paulo tornou-se conhecido aos olhos da igreja de Cesaréia, os irmãos fizeram o mesmo que Pedro tinha feito anteriormente, quando ele tentou parar o seu Senhor de ir para a cruz. Mas Paulo, como todos os verdadeiros profetas, soube a vontade do seu Senhor. Ele concordou com o propósito divino, e começou a separar-se voluntariamente de seu ministério no mundo, enquanto se preparava para seguir o exemplo de seu Senhor nos sofrimentos. Ele escolheu deixar para trás as igrejas, em vez de falta de projeto do seu Senhor. Embora o seu coração estava quase quebrada, ele queria ainda mais para glorificar o seu Senhor Jesus através da obediência da fé.

Nesta ocasião, Paulo falou a doutrina da igreja primitiva, dizendo que o homem Jesus é o Senhor. Nestes dois nomes que encontramos a plenitude da Divindade corporalmente, humildemente escondida na natureza humana. Este Senhor da Glória havia superado Paul, que depois veio a adorá-lo para o resto de sua vida. Ele queria segui-lo até o último momento, e estava preparado para ir em direção ao mesmo destino que o do Cordeiro de Deus. Ele se levantou rápido através de todas as tentações difíceis em torno dele. Todas as igrejas reconheceu que Paul não se submeteram à inclinação humana, mas cumpriu a vontade do Senhor em cada detalhe. Esta certamente foi a bandeira andar sobre todos os eventos subseqüentes.

ORAÇÃO: Senhor Jesus, nós Te agradecemos, porque Tu és verdadeiro Deus e verdadeiro Homem. Você nos resgatou da morte, da covardia, do medo e tem nos fortalecido e ainda vai nos fortalecer em nossa jornada final, para que possamos passar seguramente pelas provas de angústia e tormento, e testemunhar seu nome glorioso.

PERGUNTA

  1. Por que Paulo não temeu o sofrimento que o aguardava em Jerusalém?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on September 27, 2012, at 12:09 PM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)