Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- Acts - 023 (Peter and John Imprisoned)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Georgian -- Indonesian -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Tamil -- Telugu -- Turkish -- Urdu? -- Uzbek -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ATOS - Na procissão triunfal de Cristo
Estudos nos Atos dos Apóstolos
PARTE 1 - A fundação da Igreja de Jesus Cristo em Jerusalém, Judéia, Samaria e Síria – Sob o amparo do Apóstolo Pedro, guiado pelo Espírito Santo (Atos 1 - 12)
A - O Crescimento e Desenvolvimento da Igreja Primitiva em Jerusalém (Atos 1 - 7)

11. Pedro e João aprisionados e levados ao tribunal pela primeira vez (Atos 4:1-22)


ATOS 4:12-18
12 E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. 13 Então eles, vendo a ousadia de Pedro e João, e informados de que eram homens sem letras e indoutos, maravilharam-se e reconheceram que eles haviam estado com Jesus. 14 E, vendo estar com eles o homem que fora curado, nada tinham que dizer em contrário. 15 Todavia, mandando-os sair fora do conselho, conferenciaram entre si, 16 dizendo: Que havemos de fazer a estes homens? porque a todos os que habitam em Jerusalém é manifesto que por eles foi feito um sinal notório, e não o podemos negar; 17 mas, para que não se divulgue mais entre o povo, ameacemo-los para que não falem mais nesse nome a homem algum. 18 E, chamando-os, disseram-lhes que absolutamente não falassem, nem ensinassem, no nome de Jesus.

Pedro curou o coxo em nome de Cristo. O apóstolo sabia que a cura deste homem mostrou o propósito de Jesus de salvar o homem completamente dando-lhe vida eterna. O Senhor não ajuda o crente apenas em parte, mas salvá-lo completamente - em corpo, espírito e na alma. O amor de Deus supera toda a nossa confiança e entendimento. O mais velho dos apóstolos resumiu sua defesa com a declaração bem conhecida: "A salvação não é encontrada em nenhum outro". O simples pescador do lago de Tiberíades testemunhou aos teólogos educados e aos juristas que eles eram cegos, apesar de seu conhecimento das Escrituras. A salvação não pode ser obtida através de diplomas, leitura, livros religiosos ou falsa piedade. Fé em Jesus, o Vivente, que foi crucificado e que depois ressuscitou dentre os mortos, bem como a habitação do Espírito Santo é o que produz salvação.

O que é salvação? É a libertação da ira de Deus e nossa santificação através do sangue de Cristo. A salvação é a vitória sobre a morte, o que leva à vida eterna. A salvação de Cristo significa receber o poder divino de fazer o bem sem cair em pecado. A verdadeira salvação é mais elevada, mais profunda, mais ampla e mais forte do que as pessoas sabem. O diabo não tem poder sobre ele que crê em Jesus.

Cristo realizou a salvação por todos os homens quando Ele, em vez de nós, morreu na cruz, o justo pelos injustos, o imortal para o mortal. O Senhor levou os nossos pecados e justificou-nos livremente, sabendo que ninguém poderia salvar-se. O Filho de Deus tornou-se o Filho do Homem que os filhos do homem pode tornar-se filhos de Deus. Assim, Cristo nos resgatou para que recebêssemos a adoção de filhos. O Juiz, Santo Solene não é contra nós, mas é o nosso Pai amoroso. Cristo adquiriu o Espírito Santo com a Sua morte que o amor de Deus possa ser derramado em nossos corações.

Todos os homens são convidados a receber a salvação de Cristo, pois a salvação é encontrada em nenhum outro. Todas as religiões, filosofias, ideologias humanos, e boas obras são insuficientes para obter o prazer divino. No sangue de Cristo é a nossa libertação. Sem ela estamos perecendo. Portanto, é uma necessidade e um dever divino de aceitar a reconciliação de Cristo, e se juntar a sua aliança. Quem não receber Jesus rejeita o amor de Deus e não encontra a salvação. Não há caminho para Deus, mas através de Jesus.

Pedro, o pescador de homens, disse estas verdades abrangentes para o conselho de sacerdotes, teólogos, escribas e juristas. Ele não falava muito, mas resumiu o evangelho em um comunicado. Os juízes sorriram sarcasticamente para ele, pois ele falou em linguagem fácil de entender, usando frases simples, sem um pingo de arrogância. Todos viram que ele eo jovem ao lado dele eram incultos. Eles não podiam negar, entretanto, que o poder de Deus tinha saído desses dois homens. O poder de Cristo apareceu novamente no discurso de Pedro, que testemunhou os governantes do seu povo que eles eram assassinos. Da mesma forma, ele se ofereceu para salvação gratuita a Deus culpado de, em nome de Jesus.

Provavelmente, os juízes não se importavam muito com a reclamação do apóstolo, ou sobre sua salvação oferecendo a eles. Eles não estavam dispostos a tomar conhecimento muito dele. No entanto, o nome de Jesus em sua língua fez irritá-los, pois queria esquecer esse nome, evitá-lo, e nunca ouvi-lo novamente. Eles não se preocupam com a cura do pobre mendigo, que mereceu a ira de Deus de qualquer maneira. Esses hipócritas, homens cultos eram sem amor. Sua preocupação principal era os seus livros, seus ensinamentos religiosos eloqüente, e sua dignidade.

A coragem e ousadia dos dois apóstolos, que aparentemente não tinham medo de punição, afetou a audiência. Além disso, a presença do homem curado ao lado deles tornaram muito difícil para os juízes a condenar os apóstolos sob a acusação de blasfêmia e engano. Assim, conferenciaram entre si secretamente após terem enviado o acusado fora do conselho.

Finalmente, eles poderiam chegar a nenhuma decisão que não seja para impedi-los de pregar mais em nome de Jesus. Eles perceberam que este nome foi o motivo para o poder em seus seguidores, o que constituía um perigo para a nação e seus costumes. Então mandaram os dois apóstolos de cessar de falar, ensinar, ou proclamar este nome, por medo de que o nome de Jesus pode operar milagres ainda mais. Isto marca o resumo do projeto de Satanás. Ele quer acabar com todas as pregações na grande nome de Jesus para que o poder de Deus não pode salvar corações. Você, caro crente, impede a língua de falar em nome de Jesus? Ou você testemunha sobre Jesus? A salvação não é encontrada em nenhum outro. Você é responsável por falar neste nome que os outros possam ser salvos. Sem o testemunho do testemunho não há salvação.

ORAÇÃO: Senhor Jesus, nós Te agradecemos por nos salvar enquanto estávamos perecendo, por ter perdoado os nossos pecados e levado-nos à vida eterna. Sua morte é nossa vida, e seu sofrimento trouxe nossa alegria. Dê-nos a coragem para testemunhar o seu nome com toda ousadia, sem medo de governantes ou estudiosos, mas que testemunhemos a eles a sua salvação.

PERGUNTA:

  1. Porque a salvação de todo o mundo se concentra apenas em Jesus?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on September 27, 2012, at 11:30 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)