Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- John - 118 (Jesus appears to Mary Magdalene)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Bengali -- Burmese -- Cebuano -- Chinese -- English -- Farsi? -- French -- Georgian -- Hausa -- Hindi -- Igbo -- Indonesian -- Javanese -- Kiswahili -- Kyrgyz -- Malayalam -- Peul -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Somali -- Spanish? -- Tamil -- Telugu -- Thai -- Turkish -- Urdu -- Uyghur? -- Uzbek -- Vietnamese -- Yiddish -- Yoruba

Previous Lesson -- Next Lesson

JOÃO – A Luz Resplandece nas Trevas
Um Curso de Estudos Bíblicos no Evangelho de Cristo segundo João

PARTE 4 - A luz vence as Trevas (João 18:1 – 21:25)
B – A Ressurreição e Aparição de Cristo (João 20:1 – 21:25)
1. Eventos no início da Páscoa (João 20:1-10)

c) Jesus aparece a Maria Madalena (João 20:11-18)


JOÃO 20:17-18
17 Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus. 18 Maria Madalena foi e anunciou aos discípulos que vira o Senhor, e que ele lhe dissera isto.

Maria caiu diante de Jesus em adoração, tentando beijar seus pés e tocá-lo, segurá-lo para nunca deixá-lo. Jesus impediu de tocar porque o seu amor é espiritual. Ele havia concedido sua voz e sua presença e desejou que o crescimento de sua fé pela união com a Santíssima Trindade. Isso ele deixou claro em seu discurso de despedida a seus discípulos um pouco mais cedo. Nem a tocá-lo, ou segurando a ele criará união com ele, mas sim a fé em seu ser espiritual que une a ele.

Jesus lhe disse que ele não permaneceria na Terra depois de sua morte, suas aparições seriam transitórios, como seu destino final é o céu. Seu objetivo era ascensão e um retorno a seu pai. O caminho de volta para Deus agora estava aberto depois de sua auto-oferta na cruz. Este Sumo Sacerdote resolveu oferecer um sacrifício de sangue para o Santo. Ele está dizendo a Maria: "Não se apegue a mim, porque eu estou a cumprir toda a justiça, vou interceder por você, e enchê-lo com o poder do Espírito".

Suas palavras também sugerem que ele não pertence só a ela, mas para toda a humanidade, "Regresso para os discípulos e informá-los da minha existência, fins e ascensão!”.

Por meio desta mensagem aos discípulos por meio de Maria, ele os confortou. Chamou-os irmãos. Pela fé, tornamo-nos seus irmãos e irmãs, por causa de sua cruz e ressurreição e da vida imortal. Ele chama-nos irmãos, não só amada. A salvação é cumprida, e que estamos presentes em nossos direitos de adoção. Ele assinou a carta da nossa filiação divina, com seu sangue.

Qual é a substância da mensagem que Maria tinha de passar oralmente para os discípulos? Em primeiro lugar, que ele estava vivo. O encontro com ele foi um fato histórico. Em segundo lugar, seu pai também foi nosso, com essa promessa que Jesus chamou seus discípulos para a perfeita comunhão com Deus. Ele não fala de Deus como algo distante, poderoso e, como juiz, mas um Pai amoroso e de perto. Ele não foi apenas de Cristo Pai, mas o nosso Pai também. Ele chamou o Pai "meu Deus", como seu tudo em todos. Ele permanece fiel ao seu Pai, onde toda a criação está separada de Deus pelo pecado. Ele não é mais nosso inimigo por causa do pecado anterior, mas nos ama, que te são perdoados pelo resgate da cruz. Como ele mora em união com o Pai, então ele deseja que habite na união trinitária pelo derramamento do seu Espírito Santo, por amor a fluir para fora de nós.

Cristo, assim, colocar a promessa da plena comunhão na boca da mulher que ele viu pela primeira vez após sua vitória sobre a morte. Ela era obediente, ela não continuou na sua prostração aos pés de Jesus para fora de alegria, mas se levantou e correu para os apóstolos testemunhar a sua verdade. Esta mensagem, como um trompete de alegria, enche o nosso coração triste hoje. Tem a alegria de aceitação diante de Deus e sua revitalização atingiu você? Você acredita que a mensagem de Maria como o primeiro arauto da notícia de que Cristo tinha ressuscitado?

ORAÇÃO: Nós te agradecemos, Senhor Jesus Cristo, por haver ressuscitado dentre os mortos, por estar presente conosco, por nos chamar de seus irmãos. Nós não merecemos viver em comunhão íntima com você. Agradecemos por perdoar os nossos pecados. Faça-nos apóstolos de sua alegria a todos os que te procuram.

PERGUNTA:

  1. Qual é a mensagem de Cristo nos lábios de Maria Madalena para nós?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on April 10, 2012, at 12:17 PM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)