Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":

Home -- Portuguese -- Colossians -- 031 (Rooted in Christ)

This page in: -- Arabic -- Chinese -- English -- German -- PORTUGUESE -- Spanish -- Turkish

Previous Lesson -- Next Lesson

COLOSSENSES - Cristo em vós, o povo da glória!
Estudos na Carta de Paulo aos Colossenses

Parte 2 – O reconhecimento do mistério de Cristo nos protege de falsos ensinamentos (Colossenses 2:1-23)

9. Estamos enraizados em Cristo (Colossenses 2:4-7)


Colossenses 2:4-7
4 Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória. 5 Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, o afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; 6 pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência; 7 nas quais, também, em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas.

Paulo escreveu sua confissão de fé desafiadora, afirmando que toda a sabedoria e conhecimento do céu e da terra encontram-se em Jesus, para que os novos crentes, no interior de Éfeso não cairia orar ao discurso sedutor. O apóstolo sabia que enganadores, usando discurso hábil e convincente, muitas vezes pode enganar, seduzir e levar os crentes com sua suposta sabedoria e conhecimento incrível. Portanto, o apóstolo escreveu: "Examinai tudo, retende o que é bom!" (I Ts 5:21; Rm 12:2). Não se deixe enganar por palavras enganadoras ou maravilhas grandiosas, pois mesmo o falso profeta do anticristo, em algum tempo "realizar grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens, e ele engana aqueles que habitam sobre a terra por causa dos sinais "(Ap 13:13-15).

Quando uma pessoa reconhece a majestade e sabedoria redentora misericordioso de Deus em Jesus Cristo, ele morre de todas as filosofias e os programas de partido. Ele vive da graça do Crucificado sozinho.

Paulo assegurou que estão sendo atacados que ele iria esquecer nem negligenciá-los. Em seus pensamentos e orações, ele estava sempre com eles, de modo que eles não estavam sozinhos em suas questões fundamentais da fé e da dúvida. Além disso, o apóstolo assegurou que ambas as igrejas se alegrou de ouvir de um dos mais velhos que uma ordem espiritual vigorosa e estava presente em suas montagens e ministrações. Juntos como uma formação de batalha fechada, eles estavam confiando em Cristo, seu Salvador e Senhor, enquanto Ele corajosamente defender de todos os seus sedutores do mal.

Paulo passou a lembrar os seguidores de Cristo em Colossos e Laodicéia do início de sua fé. Eles não tinham recebido a mensagem do Crucificado e ressuscitado como simplesmente uma fundação para a discussão sem fim, mas em vez disso, tinha experimentado pessoalmente como ele limpou suas consciências. Eles haviam experimentado o poder de acreditar e alegremente praticada em uma irmandade de gente feliz e abençoado. Eles haviam reconhecido a Deus como seu Pai, Jesus como Seu Filho, e o Espírito Santo como seu Consolador e Líder. Eles haviam recebido Jesus como seu Salvador, porque Ele já havia aceito e redimiu. Sua própria decisão não tinha marcado o início de sua fé, mas sim, o amor de Deus havia aberto o caminho para sua salvação, trouxe-a para baixo para eles, e que causou a ser realizado nos mesmos. A graça de Deus foi o mistério da sua fé, e não a sua realização ou mérito pessoal próprio. Pareciam viajantes perdidos tropeçando à noite em um vale escuro e desolado. Na distância que, de repente reconheceu um brilho de luz e correu em direção a ela. À medida que prosseguiam o brilho da luz se tornou mais forte e mais forte, até que finalmente ficou com o brilho total da graça. Estes chamados e justificados e aprovados "Ele" como Luz e Salvador. Sem pensar muito intelectual, tinham sido esmagados por Sua graça.

O apóstolo chamou aqueles que estavam completamente perplexos com os amantes da filosofia e os proponentes confusos da lei para continuar a viver como eles tinham quando veio pela primeira vez para a fé. A graça do amor de Deus, como pode ser visto na morte sacrificial de Cristo, era permanecer o seu lema e a fonte de energia para sua fé. O resultado seria sua limpeza contínua em Cristo através da graça como eles se levantou e viveu diante de Deus. Não suas boas obras ou a sua sabedoria filosófica, nem mesmo os 613 mandamentos de Moisés, foi para constituir a bússola de sua vida. O ressuscitado Senhor Jesus sozinho, em todos os Seus glorioso esplendor, que haviam tirado-os em sua guarda, foi para levá-los para a frente. Eles viveram nele, como apêndices móveis de um corpo. Ele era a sua cabeça, que seu corpo físico. Todos os outros tagarelas e os chamados iluminados provas intelectual tornou-se a eles nada mais do que inutilidade míope e transitória, tendo recebido muito mais em seu amado Redentor.

O apóstolo sabia que as emoções podem, muitas vezes logo arrefecer e morrer. Por isso, ele desafiou as igrejas para estudar Jesus, para conhecê-lo melhor, a experiência dele, para manter firme a Ele, e para ser transformada e moldada pela sua grandeza, amor e poder. Eles precisavam se assemelham a árvores plantadas por uma cisterna de água subterrânea, de modo que eles poderiam sugar a água que dá vida e trazer muito fruto. Este princípio, no entanto, não era para ser seguido por causa da fé na Lei de Moisés, mas pela vida que dá ligação a Jesus Cristo (Sl 1:3; Mt 5:17-20). Paulo recomendou que os membros da igreja ser construtores sábio, que não constroem suas casas em algum penhasco íngreme de areia. Em vez disso, eles deveriam reconhecer a rocha sólida de Jesus, e construir sobre ele (Mt 7:24-27). Sua fé precisava ser testada, fortalecidos e profundamente ancorada em seus corações.

O apóstolo atribuiu grande importância a ver que nem todo mundo ter permissão para inventar a sua fé - como ele ou ela satisfeito. Ao contrário, eles foram para com humildade e gratidão prestar atenção às palavras dos mais velhos experientes, cuja fé tinha sido refinados através do sofrimento e da oposição. Bendito é o seguidor de Cristo que não vive sozinho, mas participa de estudos bíblicos, ouve sermões relevantes e ouve mensagens abundantes em fita e CD. Ele pode, então, comparar o que ele ouviu com a palavra escrita de Deus e levar essas questões ao seu Senhor na oração.

Paulo, que tinha sido muitas vezes sinceramente oprimido pela bondade, abundância e glória de Cristo, fechou sua instrução com as palavras: "abundando em ação de graças!" Enquanto avaliação e discussão das coisas é por vezes necessária, oferecendo de ação de graças é o que realmente abre a caminho para o trono do Senhor! "Quem oferece louvor glorifica-me, e para ele que ordena sua conduta corretamente vou mostrar a salvação de Deus" (Sl 50:23). Nisto reside uma das necessidades mais angustiantes em toda a cristandade! Quando se trata de pedir, somos verdadeiramente ricos, mas quando se trata de agradecer, estamos terrivelmente mesquinho. Como resultado, ficamos cansados ​​em espírito, meio cego espiritualmente e incapaz de ver Jesus claramente em toda a Sua glória. Ele, porém, nos deu a vida espiritual, a justiça e a coragem de acreditar e servir. Sem Ele não somos capazes de fazer o que é certo. Onde está nossa gratidão por seu amor, sua paciência, sua auto-sacrifício em nosso lugar, bem como para o poder do Seu Espírito e a esperança da glória? Bendito é a pessoa que se arrepende e é praticada no oferecimento de ação de graças. Feliz é o homem que ricamente agradece ao Pai do céu através de Jesus, o Senhor dos senhores.

ORAÇÃO: Pai no céu, nós te louvamos e agradecemos. O apóstolo Paulo nos admoesta a estar enraizada em Jesus sozinho, de modo que não são tomadas pelos seguidores de seitas piedosos. Pelo contrário, estamos a ser construído em seu Filho, para manter e praticar a Sua palavra, e agradecer-lhe. Abençoe especialmente aqueles cristãos que estão vivendo solitário em sua fé. Fortalecê-las através do poder do Seu Espírito, Seu cuidado e Seu poder. Amém.

PERGUNTA:

  1. Como Paulo fortaleceu as igrejas contra a influência dos sectários?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on February 16, 2012, at 07:54 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)