Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- Acts - 107 (Paul’s defense)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Azeri -- Bulgarian -- Cebuano -- Chinese -- English -- French -- Georgian -- Indonesian -- PORTUGUESE -- Russian -- Serbian -- Tamil -- Telugu -- Turkish -- Urdu? -- Uzbek -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

ATOS - Na procissão triunfal de Cristo
Estudos nos Atos dos Apóstolos
PARTE 2 - Registros sobre a pregação entro os Gentios e a fundação das igrejas de Antioquia a Roma – Através do ministério do Apóstolo Paulo, comissionado pelo Espírito Santo (Atos 13 - 28)
E - Paulo preso em Jerusalém e na Cesaréia (Atos 21:15 - 26:32)

4. A defesa de Paulo diante de seus compatriotas (Atos 22:1-29)


ATOS 22:1-8
1 Homens, irmãos e pais, ouvi agora a minha defesa perante vós 2 (e, quando ouviram falar-lhes em língua hebraica, maior silêncio guardaram). E disse: 3 Quanto a mim, sou judeu, nascido em Tarso da Cilícia, e nesta cidade criado aos pés de Gamaliel, instruído conforme a verdade da lei de nossos pais, zeloso de Deus, como todos vós hoje sois. 4 E persegui este caminho até à morte, prendendo, e pondo em prisões, tanto homens como mulheres, 5 como também o sumo sacerdote me é testemunha, e todo o conselho dos anciãos. E, recebendo destes cartas para os irmãos, fui a Damasco, para trazer maniatados para Jerusalém aqueles que ali estivessem, a fim de que fossem castigados. 6 Ora, aconteceu que, indo eu já de caminho, e chegando perto de Damasco, quase ao meio-dia, de repente me rodeou uma grande luz do céu. 7 E caí por terra, e ouvi uma voz que me dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? 8 E eu respondi: Quem és, Senhor? E disse-me: Eu sou Jesus Nazareno, a quem tu persegues.

Paulo chamou seus supostos assassinos irmãos e pais. Ele não julgá-los por seu ódio e fanatismo, mas os amou e perdoou sua ignorância. De acordo com o Novo Testamento, o povo judeu não são membros da família de Deus, que nasceram do Espírito Santo. Ele lhes deu esses títulos, no entanto, de acordo com as promessas declarou no Antigo Testamento. O apóstolo dos gentios abordadas as multidões silenciosas na sua língua materna, e estimá-los por uma questão de honra de seus pais. Ele falou com as vestes rasgadas, suas feridas, sangramento e suas correntes chachoalhando a cada movimento do seu corpo.

Paulo chamou seu discurso de defesa. O que, então, foi dos judeus queixa contra ele? O apóstolo não desceu para o nível de acusação superficial, que alegou que ele havia profanado o templo sagrado, trazendo um gentio para ele. Esta foi uma afirmação estúpida, que não merecem uma resposta. O apóstolo veio diretamente para o motivo da perseguição que estava caindo sobre ele. Eles alegaram que ele ensinou as pessoas a cair do judaísmo, e admitiu gentios incircuncisos na aliança com Deus. Em sua resposta, Paulo explicou aos seus ouvintes que ele não inventou o evangelho da graça, nem em si mesmo desejo de pregar aos gentios. O Senhor vivo mesmo havia aparecido a ele pessoalmente, e ordenou que ele surgir e dar testemunho dele diante de todos os homens. Assim, a nova doutrina não se originou com Paulo, mas do Senhor ressuscitado. Descoberta de Cristo na vida de Paulo trouxe uma revelação do Evangelho da graça, e uma comissão de pregar aos gentios.

Na primeira parte de seu discurso, Paulo focada em sua infância, zeloso judeu. Ele havia nascido em Tarso, uma cidade justa e respeitável de origem grega. Mais importante, porém, ele havia sido criado e educado em Jerusalém, num ambiente que lhe permitiu adquirir o espírito e a cultura judaica.

O desenvolvimento coroação veio em seu submetendo-se a estudar com Gamaliel, o eminente médico da lei judaica, que era o maior especialista legal por muitos anos. O ardente, Saulo jovens não só manteve os detalhes da lei em seu coração, mas também na prática vigorosa. Ele era auto-disciplinado, rigoroso em observar as práticas religiosas judaicas, e zeloso para com Deus. Ele estava disposto a servir, honrar e engrandecer o Santo através de sua própria diligência e fracas capacidades humanas.

Ele odiava os cristãos com uma inimizade mortal, para que eles dependiam de graça, rejeitaram a lei como uma forma de Deus, e depositaram sua esperança completamente no amor do Santo. Este Santo tinha aparecido em Cristo e proclamou ser o único caminho para o Pai. Paulo, em seu zelo por Deus e sua lei, perseguiram os cristãos. No seu ódio a ferver, ele não estava satisfeito com apenas destruir os homens. Ele também matou mulheres, que na época era inadmissível. Se os judeus vindos da Ásia e aqueles que se queixaram contra ele não acreditou nele, deixá-los pedir ao sumo sacerdote e todos os anciãos sobre a verdade de suas palavras.

O conselho judaico tinha encomendado este homem, zeloso jovens para ir a Damasco para exterminar os crentes de Jesus. Mas em seu caminho Jesus de Nazaré tinha manifestado a ele no meio do deserto estéril. O Jesus glorioso e vivo, cujo corpo Paulo deveria ter corrompido e decadente longe na sepultura depois de sua crucificação, derrubaram todas as fundações, títulos, honra e orgulho que Paulo tinha construído a sua vida em cima. À luz do rosto glorioso de Cristo, o zelo divino para a lei deste professor legal e inimigo de Deus apareceu de nenhum proveito.

O Altíssimo, na plenitude da sua misericórdia, não destruiu este inimigo, ignorante zeloso, mas perdoou livremente. Ele declarou-lhe seu amor para a igreja, e que Ele é um com ela no Espírito Santo. Com essa revelação, um mundo novo e uma nova verdade entrou na vida de Paulo. Sem demora, ele submeteu-se ao seu novo Senhor, e perguntou o que ele teria para ele fazer. Que o Senhor vem a você com a sua palavra? Tem o esplendor de Sua gloriosa pessoa apareceu para você no Novo Testamento? Você abandonou-se a ele incondicionalmente, e se estabeleceu em Sua igreja?

ORAÇÃO: Senhor Jesus Cristo, nós Te adoramos, porque tu apareceste a Saulo, seu perseguidor e mudou-o em um servo do Seu amor. Nos mude também e transforme muitas das pessoas que procuram Deus em Sua imagem, para que possamos viver por Seu amor.

PERGUNTA:

  1. Qual é o significado do aparecimento do Senhor a Saulo, o qual era um zeloso guardador da Lei?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on September 27, 2012, at 12:10 PM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)