Waters of Life

Biblical Studies in Multiple Languages

Search in "Portuguese":
Home -- Portuguese -- Revelation -- 030 (One Sitting on the Throne)
This page in: -- Arabic -- Armenian -- Bulgarian -- English -- French? -- German -- Indonesian -- Polish? -- PORTUGUESE -- Russian -- Yiddish

Previous Lesson -- Next Lesson

APOCALIPSE - Eis que cedo venho
Estudos no Livro do Apocalipse
LIVRO 2 - A ENTRONIZAÇÃO DE JESUS CRISTO (APOCALIPSE 4:1 - 6:17)
PARTE 2.1 DEUS, SANTO E TODO-PODEROSO NO CÉU (APOCALIPSE 4:1-11)

1. O que está assentado no Trono (Apocalipse 4:1-3)


APOCALIPSE 4:1
1 Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer.

A porta aberta no céu: em sua revelação, Cristo examinou inicialmente as suas sete igrejas na Ásia Menor e exortou-as com amor santo à sua santificação (Apocalipse 2:1-3:22). A sua igreja é tão importante para Ele quanto a menina de seus olhos. É a representante seu reino na nossa terra. É o fruto da sua obra de salvação.

No entanto, agora, a direção e a questão da revelação estão sendo mudadas. O anjo do Senhor mostrou a João algo novo. Ele dirigiu os olhos do vidente para o céu. Ali, ele viu uma porta aberta. Esta porta celestial já estava aberta antes de João se aperceber. O véu do Santo dos Santos tinha sido rasgado quando Jesus morreu (Mateus 27:51). O Crucificado Ressuscitado escancarou a porta para Deus e passou pelos céus e apareceu diante de seu Pai (Hebreus 4:14-16; 6:19-20; 9:24).

Desde então, todos os seguidores de Cristo têm uma porta aberta para o Pai! Somos agora membros da família de Deus e temos sempre acesso a ele (Efésios 2:18-19; 3:12). Estevão, o mártir, viu o céu aberto e o Filho de Deus à direita de seu Pai (Atos 7:55-57). No entanto, as testemunhas responsáveis do Sinédrio não queriam ouvir falar do céu aberto e taparam seus ouvidos (Atos 7:57). Para os muçulmanos, o céu permanece fechado. Enquanto os espíritos islâmicos tentavam entrar, tinham de ficar fora (Sura al-Jinn 72:8). De acordo com a vontade de Alá, todos os muçulmanos primeiro entram no calor ardente do inferno (Sura Mariam 19:71-72). Só aqueles que temem a Deus têm a chance de sair do inferno.

Os escritos apocalípticos judaicos falam de três, sete, dez, ou mesmo novecentos e sessenta e dois céus. João não gostou de tais especulações. Ele fala de apenas "um" céu e o menciona 46 vezes no livro de Apocalipse.

Os muçulmanos argumentam que há sete céus. No primeiro céu habita Adão, no segundo o filho de Maria e João Batista, no terceiro José, filho de Jacó, no quarto Idris, no quinto Arão, no sexto Moisés e no sétimo Abraão. O próprio Alá é entronizado acima dos céus, de acordo com o Islão, e está ausente do paraíso dos muçulmanos que está separado dos céus. Nos céus do Islão não habita um único muçulmano de acordo com o Alcorão.

ORAÇÃO: Pai, agradecemos-te por teu Filho ter aberto a porta do céu para nós.

PERGUNTA:

  1. Porque é que a porta do céu estava aberta a todos os homens?

www.Waters-of-Life.net

Page last modified on November 09, 2020, at 06:05 AM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)